Fala Sério, Mãe! | Crítica

Análise sobre o filme Fala Sério, Mãe! de Camisa Listrada, aqui no site Cebola Verde.

Confira a ficha técnica da trama cinematográfica:

Nome: Fala Sério, Mãe!

Estreia: 28 de dezembro de 2017 – 1h 19min

Direção: Pedro Vasconcelos

Elenco: Larissa Manoela, Ingrid Guimarães, Marcelo Laham, Cristina Pereira, João Guilherme Ávila, Fábio Jr e Paulo Gustavo

Distribuidora: Downtown Filmes


Adaptado de um livro de Thalita Rebouças, “Fala sério, Mãe” chega aos cinemas chamando bastante atenção por ser um filme sobre a relação entre Mãe e Filha. Mesmo sendo previsível por ser genuinamente brasileiro e de renda não muito alta, temos a curiosidade de assistí-lo. Surpreendentemente, o filme se mostrou divertido de se ver, ainda mais com companhia de familiares.

Com algumas faces conhecidas da televisão, o filme é composto de um elenco interessante. Ingrid Guimarães (Ângela Cristina) traz um personagem que a maioria de nós conhecemos muito bem (e amamos muito), mãe de Larissa Manoela (Maria de Lourdes), a filha adolescente. A atuação de Larissa não foi muito convincente, parecendo em algumas partes meio forçada, ao contrário de Ingrid, sendo ótima do começo ao final.

O filme de fato conclui seu objetivo (espero só que seja esse!) de demonstrar a relação entre mãe e filho com bastante comédia, apresentando um roteiro simples e bem definido, bons diálogos e cenas divertidas, nos identificamos em várias situações relatadas, o que o torna mais engraçado, além de tornar ser um pouco reflexivo ao adolescente.

Seus cortes algumas vezes é um pouco irritante por serem muitos e bem desnecessários, principalmente em cenas de diálogo entre a mãe e filha. A ambientação em geral é bem colorida e divertida, dando um tom bem vivo ao filme e legal. A trilha sonora bem direcionada aos jovens e particularmente me irritou um pouco, mas nada que irá atrapalhar em sua experiência.

Assistí-lo com sua família é uma experiência bem legal, mesmo sendo um filme “clichezão”. Então, tire um dia com seus pais/avós/tias e pode ter certeza não será uma má escolha.

Yan Dantas

Crítico iniciante, amante de jogos em geral, 18 e carioca.

Estamos ao vivo!
CURRENTLY OFFLINE