‘The Lighthouse’ é eleito pela crítica o melhor filme no Festival de Cannes

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Longa de Robert Eggers, com Willem Dafoe e Robert Pattinson, é uma produção da RT Features, New Regency e A24.

A FIPRESCI – Federação Internacional de Críticos de Cinema elegeu THE LIGHTHOUSE como o melhor filme da Quinzena dos Realizadores exibido no 72º Festival de Cannes, evento que termina hoje (25/5). O longa é produzido pela RT Features, do brasileiro Rodrigo Teixeira, em parceria com a New Regency e a A24.

Sob a direção de Robert Eggers, do aclamado A Bruxa, e protagonizado por Willem Dafoe e Robert Pattinson, o filme, exibido na Quinzena dos Realizadores, arrancou elogios do público e da crítica especializada. Para o Hollywood Reporter, “Eggers confirma sua reputação como um mestre do New England Gothic nesse segundo longa claustrofóbico”. Já o Guardian afirmou que “pouquíssimos filmes conseguem deixar você assustado e excitado ao mesmo tempo”.

Rodrigo Teixeira fala sobre a produção de THE LIGHTHOUSE: “Foi um processo incrível, algo que nunca havia vivenciado, Robert Eggers é um diretor visionário, com o qual tenho muito orgulho de trabalhar novamente. Preciso agradecer a toda equipe da RT, Lourenço Sant’Anna, também produtor do filme, que ficou ao meu lado desde o começo e à New Regency e A24, por acreditarem e investirem nesse filme. Obrigado aos brilhantes atores Willem Dafoe e Robert Pattinson, estamos todos muito felizes”.

Além de THE LIGHTHOUSE, a RT Features teve mais dois filmes selecionados para esta edição do Festival de Cannes: A VIDA INVISÍVEL DE EURÍDICE GUSMÃO, de Karin Aïnouz, com Fernanda Montenegro, Carol Duarte, Júlia Stockler e Gregório Duvivier, e PORT AUTHORITY, de Danielle Lessovitz e produzido em parceria com Martin Scorsese.

VOCÊ TAMBÉM PODE CURTIR