Mantre explora a sensualidade em novo clipe “Ápice do Prazer”

Power trio sergipano segue divulgando o disco “Introspecto”.

Ego e desejo guiam o novo clipe da banda Mantre, “Ápice do Prazer”. O trio entrega mais uma interpretação visual de seu disco “Introspecto”, lançado em 2016, após o bem-recebido vídeo de “Sem Razão”. Aqui, a narrativa se desenrola em sintonia com a letra, que versa sobre a efemeridade das relações afetivas e propõe o questionamento de seu significado ao evocar memórias e experiências de quem assiste.

O vídeo dirigido por Lucas Vieira acompanha a atriz Isa Perucho pelo quarto. Entre texturas, camadas e transparências, a performance revela a vulnerabilidade e entrega do prazer. Por outro lado, a banda surge em cenas preto e branco, mostrando a integração perfeita do conjunto de guitarra, baixo e bateria que guia a sonoridade pulsante da Mantre.

Influenciados pelo rock alternativo dos anos 90 e início dos anos 2000, Diego Trindade (voz e baixo), Nonato Matos (bateria) e Lucas Black (guitarra) passeiam pela psicodelia e ostentam grooves da música moderna com riffs melódicos. Todo esse caldeirão ganhou vida no álbum “Introspecto”, e é a força da canções que guia cada clipe. Para este novo vídeo, “Ápice do Prazer” foi escolhida por possuir uma temática leve e interpessoal, formando um contraponto com o anterior “Sem Razão” e mostrando uma nova face da Mantre.

Assista a “Sem Razão”: https://youtu.be/MSOFhdGDZ0Y

“A ideia para o roteiro surgiu a partir de um estudo sobre a música. Acredito ter escutado mais de 100 vezes, o baterista Nonato Matos auxiliou bastante na interpretação da letra para que chegássemos ao ponto da mensagem que gostaríamos de passar. Apesar de trabalharmos em cima de uma música longa, há harmonia entre as imagens da banda e as cenas que contam a história. Muito se foi conversado sobre como apresentaríamos esta personagem, de que forma visual poderíamos ilustrar o que se era cantado”, revela o diretor Lucas Vieira.

O vídeo se soma à trajetória da Mantre, que iniciou a carreira em 2014 e, dois anos depois, lançou seu disco de estreia. O grupo já dividiu palco com bandas como Scalene, Versalle, Canto dos Malditos na Terra do Nunca, além dos conterrâneos da The Baggios.

A ficha técnica do clipe conta com roteiro e direção de Lucas Vieira; direção de fotografia, edição e color grading de Ramon Vieira; produção de Lucas Vieira e Nonato Matos; e Nathan de Sousa como assistente de direção. A realização é da Cachalote Filmes.

Volney Tolentino

Jovem dinâmico, que detém o poder central dos Cebolas Verdes; Um clã no interior (sigilo) da imensa África Subsaariana. Sua missão é fazer o bem como designer, crítico de cinema, professor de inglês e amante esportivo.

Estamos ao vivo!
CURRENTLY OFFLINE