Romance distópico que desperta a imaginação

23 de janeiro de 2020

Publicado por Volney Tolentino

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no twitter
Tuíte isso
Compartilhar no whatsapp
Enviar no Whatsapp

“Traição”, segundo livro da série Krios, conta a história de Dora em busca da paz no Universo e do amor impossível por um extraterrestre.

Os romances distópicos vieram para ficar. Uma prova é a obra Traição, segundo volume da série Krios, escrito pela doutora em Letras Clássicas e professora Márcia Silva. Com foco no público young adult, o livro conta a história de Dora Dias, uma garota terráquea que sofre por um amor impossível, mas cabe a ela uma grande responsabilidade: a manutenção da paz no Universo. A aventura se passa num futuro distante e a chave para a existência pacífica entre humanos e extraterrestres está na comunicação.

Em Interferência, o primeiro volume da série lançado em 2018, o leitor foi apresentado à personagem principal, Dora, e a sua mãe, Dra. Helen Dias – a cientista responsável por um importante aparelho chamado de “Comunicador”. Também conheceu seu amado extraterrestre Marvil e o pequeno planeta Krios.

Traição chega com uma importante missão para Dora e Marvil. O casal precisa salvar Helen, que fora sequestrada no primeiro livro. A garota só queria que sua mãe ficasse bem, mas uma descoberta sobre o passado pode mudar tudo e até causar uma guerra intergaláctica. Não fossem problemas demais para uma jovem, ela ainda tem que lidar com as diferenças culturais e biológicas interplanetárias que a impedem de ficar com Marvil.

Os marvilenses são fisicamente iguais aos terráqueos, exceto pela cor dos olhos de alguns, que podem ser de um mel intenso, como o de Marvil, e até lilases, e pela orelha mais fina. Biologicamente, contudo, nos constituíamos em espécies diferentes, o que tornava impossível a concretização do nosso amor. (Traição, pg 10).

Quem narra a história é Dora que, por meio de suas percepções, faz o leitor refletir sobre a ambição do homem pelo domínio e seu egocentrismo. Um livro que reúne humor, referências à literatura, à filosofia, à cultura clássica e à mitologia grega, em uma linguagem leve e fluida com um texto rico nos quesitos históricos e antropológicos.

Desigualdade, discriminação, preconceito e preservação da natureza são assuntos polêmicos levantados pela série Krios. Todos projetados em um futuro em que, aparentemente, essas questões haviam sido superadas e que a humanidade desfruta de tudo o que precisa. Tudo isso em meio a uma história recheada de aventura, ficção científica e amor. O próximo título que fecha a série já tem nome: Transformação, que está em processo de produção pela autora.

Link de venda: https://bit.ly/2QRNWTn

© 2020. Cebola Verde - "Versão 4.0: Cebolovers" / Developed by Mattz

DESCASCANDO!
CURRENTLY OFFLINE