29° Cine Ceará divulga selecionados para competitiva brasileira de curtas

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

O Festival acontece de 30 de agosto a 06 de setembro em Fortaleza.

Doze filmes, dos quais oito inéditos, foram selecionados para a Mostra Competitiva Brasileira de Curta-Metragem do 29° Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema, que acontecerá de 30 de agosto a 06 de setembro em Fortaleza. Esse ano, o Cine Ceará bateu recorde de curtas inscritos, com 985 concorrentes de todas as regiões, reflexo de uma produção brasileira que explora as possibilidades de diálogo e experimentação da linguagem audiovisual.

 

COMPETITIVA BRASILEIRA DE CURTA-METRAGEM

Foram selecionados curtas de seis estados, sendo cinco do Ceará, três de São Paulo e um de Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro. A curadoria, composta por Diego Benevides e Breno Reis, juntamente com a direção do Festival, selecionou trabalhos que representam a pluralidade de propostas fílmicas, com destaque para a participação representativa das produções nordestinas.

A maior parte dos curtas selecionados é de ficção, gênero presente em sete dos 12 concorrentes. Entre eles estão quatro dos cinco filmes cearenses na mostra: “Além da jornada” (Direção de Victor Furtado e Gabriel Silveira), “Marco” (Dir. Sara Benvenuto), “Pop ritual” (Dir. Mozart Freire) e “Oração ao cadáver desconhecido” (Dir. Sávio Fernandes). Também são curtas de ficção “Ilhas de calor” (Dir. Ulisses Arthur), de Alagoas, “Marie” (Dir. Leo Tabosa), de Pernambuco, e “Primeiro ato” (Dir. Matheus Parizi), de São Paulo.

O quinto cearense na mostra é o documentário “O tempo do olhar e o olhar no tempo” (Dir. Samuel Brasileiro). O gênero está presente em quatro dos selecionados. Os outros três são: “As Constituintes de 88” (Dir. Gregory Baltz), do Rio de Janeiro; “O grande amor de um lobo” (Dir. Adrianderson Barbosa e Kennel Rógis), do Rio Grande do Norte; e “Rua Augusta, 1029” (Dir. Mirrah Iañez), de São Paulo. Completa a lista dos selecionados a animação “Livro e meio” (Dir. Giu Nishiyama e Pedro Nishi), de São Paulo.

No Festival, será concedido o troféu Mucuripe aos vencedores indicados pelo júri oficial nas categorias de Melhor Curta-metragem, Direção, Roteiro e Produção Cearense. Também recebem o troféu Mucuripe o melhor curta eleito pelo Júri Abracine (Prêmio da Crítica) e pelo Júri Olhar Universitário. Os curtas cearenses inscritos que não foram selecionados para a Competitiva Brasileira, serão submetidos à comissão de seleção da Mostra Olhar do Ceará.

O 29º Cine Ceará é uma promoção da Universidade Federal do Ceará, através da Casa Amarela Eusélio Oliveira, com apoio do Governo do Estado do Ceará por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (SIEC), Secretaria Estadual da Cultura, e da Prefeitura de Fortaleza através da Secultfor. Conta com patrocínio de empresas públicas e privadas, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, através da SP Combustíveis, M. Dias Branco, Café Santa Clara e Cegás. Agradecimentos: Enel.  A realização é da Associação Cultural Cine Ceará, Bucanero Filmes e da Secretaria Especial da Cultura – Governo Federal.

 

Os selecionados para a Competitiva Brasileira

  • Além da jornada. Dir. Victor Furtado e Gabriel Silveira. Ficção. 2019. Ceará.
  • As Constituintes de 88. Dir. Gregory Baltz. Documentário. 2019. Rio de Janeiro.
  • Ilhas de calor. Dir. Ulisses Arthur. Ficção. 2019. Alagoas.
  • Livro e meio. Dir. Giu Nishiyama e Pedro Nishi. Animação. 2019. São Paulo.
  • Marco. Dir. Sara Benvenuto. Ficção. 2019. Ceará.
  • Marie. Dir. Leo Tabosa. Ficção. 2019. Pernambuco.
  • O grande amor de um lobo. Dir. Adrianderson Barbosa e Kennel Rógis. Documentário. 2018. Rio Grande do Norte.
  • Pop ritual. Dir. Mozart Freire. Ficção. 2019. Ceará.
  • Primeiro ato. Dir. Matheus Parizi. Ficção. 2018. São Paulo.
  • Rua Augusta, 1029. Dir. Mirrah Iañez. Documentário. 2019. São Paulo.
  • O tempo do olhar e o olhar no tempo. Dir. Samuel Brasileiro. Documentário. 2019. Ceará.
  • Oração ao cadáver desconhecido. Dir. Sávio Fernandes. Ficção. 2019. Ceará.

SERVIÇO

29° Cine CearáFestival Ibero-americano de Cinema – De 30 de agosto a 06 de setembro de 2019 em Fortaleza. Informações: www.cineceara.com.

VOCÊ TAMBÉM PODE CURTIR