Robin Antin, fundadora das Pussycat Dolls, processa Nicole Scherzinger por quebra do contrato

Antin relata que ela e a empresa PCD são as a únicas donas das músicas gravadas pela antiga pelo girlgroup

Nicole Scherzinger foi processada pela fundadora das Pussycat Dolls, Robin Antin, segundo ao site RadarO site divulgou documentos judiciais que mostram que Robin e sua empresa Pussycat Dolls entraram na sexta (3) com uma ação contra a ex-vocalista das Pussycat Dolls, no Tribunal Superior de Los Angeles.

No processo, Robin acusa Nicole de quebra de contrato. A fundadora relata que ela e a empresa PCD são as a únicas donas das músicas gravadas pela antiga pelo girlgroup. Antin fechou um acordo por dois anos, no qual a cantora concordou em relançar as novas Pussycat Dolls com outras meninas.

O processo diz que ambas as partes e as outras meninas do grupo, receberam US$ 600 mil, em 2017, da Live Nation confiando que a cantora estaria se apresentando em uma turnê de reunião.

Após Scherzinger ser processada por Robin, turnê de reencontro das PCD, tem compra de ingressos suspensa. Ao que tudo indica, há desavenças que fizeram Nicole exigir lucros acima do acordado e total controle criativo.

DESCASCANDO AO VIVO!
CURRENTLY OFFLINE