STUPID WIFE (Primeira Temporada) | Crítica

Sem spoilers.

Análise sobre a série “Stupid Wife”, da Ponto Ação Produções, aqui no site Cebola Verde. Confira a ficha técnica da trama:

Nome: Stupid Wife

Estreia: 4 de agosto 2022

Direção: Nathalie Smith e Priscilla Pugliese

Elenco: Priscila Reis, Priscila Buiar, Thomás de Araújo

Distribuidora: Ponto Ação Produções

Gênero: Romance, Drama

Obs.: A análise foi escrita pela redatora Júlia Ferreira.


Pioneira em adaptação de fanfics no audiovisual, a Ponto Ação Produções disponibilizou os episódios sua nova websérie para venda: Stupid Wife. Os episódios gratuitos serão lançados uma vez por semana no canal oficial no YouTube da produtora. Com milhares de visualizações no Watpad, a fanfic é uma das mais famosas obras do casal fictício Camren (Camila Cabello e Lauren Jauregui), que devido ao sucesso, tornou-se livro físico com nome “Lembre-se de nós” da autora Nathalia Sodré.

Anos atrás, tive a oportunidade ler pela primeira vez a fanfic e assim como todos que leram, se apaixonaram pela história de Camila e Lauren, que em sua adaptação para o YouTube são Luiza e Valentina, respectivamente. Para adaptar qualquer livro em filme ou série é uma tarefa muito desafiadora, vimos isso desde sempre na história do cinema, como nos filmes de Harry Potter ou nas temporadas de Bridgerton. Ambientar as locações semelhantes aos detalhes do livro, escolher elenco compatível, adaptar sem descontextualizar, são obstáculos gigantescos para que ocorra conforme esperado.

A escolha das atrizes: Priscila Buiar e Priscila Reis parecem cumprir de forma perfeita o que todo leitor(a) imaginou ao ler. Ambas com experiência em projetos independentes, conseguem facilmente compreender a linguagem das webséries, fazem seus respectivos papéis com maestria, dando vida as singulares características de suas personagens.

Apesar de não ter muito tempo de tela, os personagens secundários fazem parte da construção da história da série, e tem uma grande importância com passar dos dois primeiros episódios. O pequeno Thomaz, que faz o papel de Leo na série, que está bastante acostumado em trabalhar com a Ponto Ação, pois atuou como filho adotivo de Natalie Smith e Priscilla Pugliese – que fazem parte da direção de Stupid Wife. Thomás é uma joia mirim.

A primeira temporada ainda não é nem a metade da história inteira, deixa um sentimento de querer ver como irá funcionar a reconstrução do relacionamento das duas personagens, com um tema bastante delicado que realmente acontece, e é real: a amnésia dissociativa; é uma condição psicológica que pode ser causada por traumas e transtorno de ansiedade grave, e é extremamente importante tratar temas como esses, assim como já foi relatado em outras produções como a questão do aborto espontâneo, depressão, absuso sexual e moral.

A esperança por próximas temporadas é grande, já que é necessário resolver essas questões que ficam abertas nessa primeira parte da história. Sem dúvidas, é necessário destacar o trabalho dos roteiristas e da direção, sendo ela geral e até mesmo a parte de captação de áudio, e de transição de filmagens, com uma cena em primeira pessoa bastante inteligente para ocasião.

Contudo, a primeira temporada de Stupid Wife é uma explosão de representatividade, temas necessários e de uma produção dedicada em entregar o que os fãs da fanfic merecem.