Julie Wein faz sua entrada no cenário musical com o clipe “Beiral da Porta”

Single tem lançamento do selo Cantores del Mundo.

Curitibana de nascença e carioca por escolha, a cantora e compositora Julie Wein finca de vez os pés na sonoridade do Rio de Janeiro com a bossa “Beiral da Porta”, seu single de estreia lançado pelo selo Cantores del Mundo que chega também com um clipe dirigido por Gui Rodrigues. Versando sobre o tempo que não passa, a artista começa a mostrar, sem pressa, as canções que integrarão seu primeiro álbum de estúdio, “Infinitos Encontros”.

Ouça “Beiral da Porta”: http://hyperurl.co/BeiralDaPortaSingle

De autoria própria, a música convida a um passeio pela história de um amor maduro. Embora seja esta sua primeira canção lançada, maturidade é sinônimo do trabalho de Julie, que é, também, multi-instrumentista, atriz e doutora em neurociências. Ela se guia pelas sensações e emoções que a música provoca no cérebro – mas também por experiências próprias de coração partido.

“Começar a compor me levou a ocupar outro espaço como cantora, um lugar mais próximo, de mais intimidade com o público”, conta sobre como nasceu o desejo de gravar um disco.

No álbum que deverá ser lançado no segundo semestre, Julie passeia pela valsa, pelo samba e por baladas românticas, além da bossa nova já presente em “Beiral da Porta”. “Infinitos Encontros” faz jus ao nome: fala sobre encontros e também é feito de encontros.  “Metade do CD eu compus sozinha e, a outra metade, é de composições em parceria com artistas que admiro muito”, adianta.

Julie resgatou no Rio de Janeiro sua vocação musical, quando se mudou de Curitiba para cursar faculdade. Com pai músico e mãe bailarina, desde pequena se interessou pelo universo das artes. Na infância, estudou piano e cantou em corais, mas foi no Rio que começou a fazer shows e a compor suas canções.

O trabalho, que tem produção musical assinada pelo violonista Victor Ribeiro, vem para coroar uma trajetória já de muita experiência. Julie traz no currículo uma canção – “Poemas de Ti” – na trilha do documentário “Pedaços de Ana”, e participa do doc “Compositoras Paranaenses” com o clipe “Mar Demais” em parceria com Mariana Ferrão. No CD de Robertinho Silva e Alexandre Ito em homenagem a Milton Nascimento, gravou ao lado de Yamandu Costa e Carlos Malta. Foi convidada do Festival Internacional Festina Lente (Espanha), além de ter atuado em peças de teatro e musicais, ter participado de duos com Pedro Franco e Gabriel Geszti e ter atuado como preparadora vocal de peças, musicais e atores.

Além de “Beiral da Porta”, Julie seguirá proporcionando outros vislumbres de “Infinitos Encontros”, álbum que será lançado ainda este ano.

Volney Tolentino

Jovem dinâmico, que detém o poder central dos Cebolas Verdes; Um clã no interior (sigilo) da imensa África Subsaariana. Sua missão é fazer o bem como designer, crítico de cinema, professor de inglês e amante esportivo.

Estamos ao vivo!
CURRENTLY OFFLINE