FURY vence Black Dragons e conquista título inédito do Circuito Feminino de Rainbow Six Siege

Equipe quebra hegemonia da rival no cenário com vitória por 3 mapas a 1 na decisão do torneio

O cenário competitivo de Rainbow Six Siege tem uma nova campeã. Nesta quinta-feira (26), a FURY derrotou a Black Dragons por 3 mapas a 1 na grande final do Circuito Feminino 2020 e ficou com o título do torneio pela primeira vez. Em uma partida de alto nível, a equipe superou o favoritismo da BD, que perdeu a chance de chegar ao tricampeonato.

O time formado por Lara “Pessima8”, Gabriela “GaB”, Beatriz “yElektra”, Giovanna “PinkSouls”, Dielle “Dii” e Andressa “Bev”  se impôs nos momentos decisivos em um jogo marcado pelo equilíbrio. Do outro lado, a BD de Lara “Lara”, Caroline “Carol”, Aline “aliine”, Andrezza “bits” e Bruna “bruna”, não conseguiu repetir as atuações que a fizeram da organização a melhor equipe da fase classificatória.

No primeiro mapa, Café Dostoiévski, o jogo começou acirrado. Com os dois times empatados nas rodadas de defesa e ataque, o duelo foi para a prorrogação. A partir daí, quem brilhou foi GaB, que chamou a responsabilidade e garantiu a vitória por 8 a 7 para a FURY. Na sequência, no mapa Parque Temático, a BD até começou melhor, mas não foi párea para o desempenho defensivo da rival, que marcou 7 a 5.

Com dois mapas de desvantagem, a Black Dragons reagiu. No mapa Clube, o time mostrou força e todos os atributos que a levaram para a decisão, com uma atuação ofensiva que rendeu o triunfo por 7 a 5. A FURY, no entanto, não estava disposta a dar brechas e, com ótimo team play e rounds impecáveis da defesa, fechou o jogo em 7 a 3 e se sagrou campeã do Circuito Feminino.

Após a vitória, a atleta Andressa “Bev”, da FURY, explicou os fatores que levaram o time à conquista da competição: “Procuramos nos concentrar bastante na nossa preparação. Durante a segunda etapa, tentamos fazer algumas coisas diferentes que não deram certo, e sabíamos que não teríamos muito tempo para nos prepararmos para enfrentar a BD depois do jogo contra o INTZ nas semifinais. Nosso foco esteve em arrumar os erros que vínhamos cometendo para que nossa estratégia pudesse fluir de uma maneira melhor”.

“Estávamos muito ansiosas para a partida de hoje e estou orgulhosa do desempenho que mostramos, até pelo ótimo trabalho que fazemos com o nosso psicólogo. Mesmo perdendo o terceiro mapa, nos mantivemos calmas para finalizar a partida e sair com o título”, completou.

Além do título, a FURY também faturou a premiação final em produtos da Logitech e Lenovo, ambas patrocinadoras do campeonato. Vale ressaltar que a BD também levou para casa equipamentos periféricos pelo vice-campeonato.

Por conta da pandemia de COVID-19, a decisão foi realizada de maneira remota, assim como ocorreu nas fases anteriores, com o intuito de garantir a saúde e o bem-estar das jogadoras e da equipe de transmissão da Ubisoft. Os fãs de R6 puderam acompanhar a final nos canais oficiais do Rainbow Six Esports Brasil na Twitch e no YouTube.

Em 2020, o Circuito Feminino de Rainbow Six Siege chegou ao seu terceiro ano de existência. Neste ano, a Ubisoft Brasil contou com a parceria de Logitech e Lenovo – presente desde 2018 no torneio – para fomentar ainda mais a presença feminina no cenário competitivo brasileiro da modalidade.

DESCASCANDO AO VIVO!
CURRENTLY OFFLINE