7º Panorama do Cinema Suíço Contemporâneo chega ao Rio de Janeiro em 30 de maio

Mostra apresenta seleção de 14 longas-metragens e 8 curtas.

ntre os dias 30 de maio e 18 de junho, acontece na cidade do Rio de Janeiro a 7ª edição do Panorama do Cinema Suíço Contemporâneo, uma parceria entre o Centro Cultural Banco do Brasil, o Sesc SP e o Consulado da Suíça em São Paulo.

Entre os destaques na programação está o documentário “Sobre Ovelhas e Homens“, de Karim Sayad, que virá ao Rio de Janeiro para participar de um debate, dia 30 de maio, às 19h.

A Suíça é um país que tem investido, cada vez mais, em sua produção cinematográfica. Anualmente, dezenas de filmes chegam ao mercado, muitos deles conquistando prêmios em alguns dos

principais festivais europeus. No Panorama do Cinema Suíço Contemporâneo o público carioca terá acesso a novas produções de longas e curtas-metragens suíços.

Além do filme de abertura, o público terá acesso a 13 longas-metragens, nos gêneros documentário e ficção, destaque para o inédito “Diário da Minha Cabeça” (Journal de Ma Tête), de Ursula Meier, vencedora do Urso de Prata no Festival de Berlim 2012 com o filme “Minha Irmã; “O Som da Voz” (Der Klang der Stimme), de Bernard Weber, que recebeu o Prêmio do Público no 53º Solothurner Filmtage; e “Sobre Ovelhas e Homens” (Des Moutons et des Hommes), de Karim Sayad, que o foi o filme vencedor do Prêmio do Júri no 53º Solothurner Filmtage; entre outros.

A Mostra apresenta uma seleção especial de oito curtas‐metragens selecionados no festival de cinema “53èmes Journées de Soleure”, que acontece entre janeiro e fevereiro na Suíça e é considerado

um dos eventos mais tradicionais do país: “Rewind Forward“, “Between Lands“, “La Bataille de San Romano“, “Casa Son Duno“, “In Takt“, “Blind Date“, “Au large” e “Parzival“.

O 7º Panorama do Cinema Suíço Contemporâneo traz uma seleção de filmes em diferentes formatos, estéticas, vozes e questionamentos. Os longas e curtas-metragens selecionados (documentários, ficções, animações, experimentais), dirigidos por homens e mulheres,de diversas partes da Suíça, convidam o público a mergulhar na atual cinematografia do país com suas singularidades e pluralidades“, afirmam Celia Gambini e Talita Rebizzi, curadoras do Panorama.

A 7ª edição do Panorama do Cinema Suíço Contemporâneo foi exibida no Cinesesc e no CCBB SP, em maio e está em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil de Brasília (CCBB DF), até 10 de junho.

O Rio de Janeiro é a última cidade da itinerância, sendo as exibições no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB RJ), de 30 de maio a 16 de junho.

DESCASCANDO AO VIVO!
CURRENTLY OFFLINE