Qual supervilão poderia dar as caras na nova Fase Marvel nos cinemas?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Pedimos a opinião dos cebolitos e queríamos saber qual supervilão pegará o manto de Thanos no MCU!

Depois de incríveis onze anos nos cinemas, começando tudo com “Homem de Ferro” (2008) dirigido pelo excêntrico Jon Favreau, que também interpreta o Happy Hogan no mundo fantasioso , Thanos descansará a chuteira! Notoriamente, a Marvel vem se destacando e criando um forte vínculo com o seu público. Motivo de tal afirmação é como está sendo a situação de pré-venda para “Vingadores: Ultimato” (2019), cujas salas de pré-estreias foram esgotadas rapidamente, abrindo margem para novas sessões.

Ao longo desses anos, a imagem de um grande supervilão tomou conta: Thanos, o Titã Louco, que possui o nome derivado do anjo da morte grego, Thanatos a personificação da morte! Sua primeira participação efetiva foi na cena pós-créditos de “Os Vingadores” (2012). Tendo em vista, total influência direta em diversos acontecimentos no Universo Cinematográfico Marvel (MCU ou UCM) nesta primeira saga.

Com a “aposentadoria” do tirano, qual supervilão poderia assumir o trono de Thanos para as gerações/fases seguintes? Em nosso Instagram, fizemos uma enquete para saber quais vilões seriam. E por ordem crescente de indicação, confira quem indicou e a característica de cada supervilão com anotações importantes do MCU:

8 Ultron 2.0

Criado por Roy Thomas e John Buscema, sua primeira aparição foi em Avengers #54, de julho de 1968. O robô Ultron foi um projeto do Dr. Henry Pym (que na época participava dos Vingadores como Homem-Formiga). O corpo de Ultron é constituído de uma variação de Adamantium, metal fictício do Universo Marvel praticamente indestrutível.

Ultron rebelou-se contra o criador e hipnotizou Hulk para atacar os Vingadores, sendo dado como destruído na luta que se seguiu. Depois disso seu programa passou a aperfeiçoar seu corpo de metal, que já teve várias versões.

Poderes:

  • Tecnopatia;
  • Reconstrução (Capacidade de reconstruir todo o seu corpo);
  • Criação de campos eletromagnéticos;
  • Voo;
  • Projeção de energia lazer;
  • Absorção de energia lazer;
  • Força, Velocidade, Resistência, e Durabilidade sobre-humanas;
  • Inteligência artificial.

O robô Ultron já teve sua introdução no MCU. “Vingadores: Era de Ultron” (2015) foi o filme que conhecemos o maléfico robô e o nascimento do Visão – interpretado por Paul Bettany – que leva, ou levava, a Joia da Mente. Mas será que valerá a pena um retorno de um Ultron mais forte para ser uma ameaça aos novos Vingadores por muito tempo?

Indicação: Alberto Marques

7 Dormammu

Dormammu é um ser místico que governa a dimensão negra, uma dimensão que fica nas profundezas da existência, diferente da Terra-616, a dimensão principal do Universo Marvel. Trata-se de um ser super poderoso que enfrenta frequentemente o Mago Supremo da Terra, Stephen Strange, o Doutor Estranho, pois um dos seus principais objetivos é conquistar a nossa dimensão. Tem a cabeça flamejante e vermelha (semelhante ao Motoqueiro Fantasma). Seus dons místicos são tão grandes quanto os de Strange e, assim, os duelos dos dois se tornam incomparáveis.

Dormammu é mestre manipulador do caos e das dimensões, principalmente a dimensão sombria/negra e a dimensão astral.

Entretanto, nos cinemas e especificamente em “Doutor Estranho” (2016), ele foi dado como um vilão de cabeça gigante foto acima que em tese, só deu as caras no final por aparecer mesmo. Vai que ele volta com tudo e vira uma ameaça notória? Já que a Marvel confirmou que na próxima fase, teremos mais olhares ao universo cósmico.

Indicação: Alberto Marques

6 Massacre

Tirando os supervilões que já apareceram no MCU, vamos à primeira novidade: Massacre! Ele foi criado nos anos 90, em meio a uma saga homônima. Seus criadores foram Mark Waid e Andy Kubert. O personagem apareceu pela primeira vez em X- Men (Volume 2) #54. Ele é a fusão dos personagens Charles Xavier e Magneto. No início sua natureza não era clara, ele foi derrotado apenas graças aos esforços combinados de toda a comunidade Marvel.

Poderes:

  • Onisciência Psíquica.

Já que a Disney comprou a Fox, detentora dos direitos X-Men e Quarteto Fantástico, e com a chegada d’Os Eternos ano que vem que explica a origem dos mutantes , por que não implantar logo uma arma tão letal e forte a nível Thanos ou mais ao MCU?

Indicação: Alberto Marques e Lucas Alexandre

5 Apocalypse

Com a chegada dos X-Men, En Sabah Nur se considera o mutante mais antigo que existe. Ele nasceu na metade do Século XXX a.C., no antigo Egito, durante a Primeira Dinastia e sobrevive até os tempos de hoje graças ao uso de tecnologia futurística.

Há milênios vem cometendo os mais vis e abomináveis atos de atrocidade que poderão, no futuro, levar à guerra genética entre o Homo superior e a humanidade. Um cataclismo que já teria ocorrido se não fosse a intervenção dos X-Men.

Poderes:

  •  Capacidade de reorganizar sua massa corpórea e moléculas na forma que quiser.

Ele já apareceu nos cinemas pela Fox em “X-Men: Apocalipse” (2016) que não foi um sucesso para os amantes de quadrinhos. Então, vai que nesse remake a Marvel não monta um bom trabalho? Mesmo sabendo que ela não é muito fã de usar uma imagem já montada nos cinemas por outros.

Indicação: Alberto Marques e Pedro Augusto

4 Skrulls

Sua primeira aparição foi em 1962, The Fantastic Four #2, cuja raça alienígena copiou as semelhanças e poderes dos Vingadores em uma tentativa de desacreditar nos heróis, abrindo caminho para uma invasão em grande escala. Eles apareceriam novamente em outras HQs e continuaram a se desenvolver em centenas de aparições.

Poderes:

  • Reproduz uma cópia fiel de um ser, até mesmo o DNA.

No MCU, eles tiveram a sua primeira aparição em “Capitã Marvel” (2019) e foram mostrados como uma raça refugiada, muito diferente de exímios terroristas galáticos. Porém, diálogos no filme da Capitã, indicam que apenas uma parcela é boa, enquanto uma possível outra seja cruel. Por que não um arco de Secret Wars, Kevin Feige?

Indicação: Alberto Marques e Lucas Lincoln

3 Kang, O Conquistador

Um dos supervilões que eu gostaria muito de ver por ser cósmico e mexer com a linha temporal é o Kang.

Suposto descendente de Nathaniel Richards, pai de Reed Richards (Senhor Fantástico), ele também pode ser considerado uma das contrapartes futuras do líder do Quarteto Fantástico, embora haja especulações de que na verdade ele seja parente do Doutor Destino, como sugerido em uma de suas primeiras histórias. Inimigo dos Vingadores e do Quarteto Fantástico.

A história não é escrita, sábio— e nem é destino! História é feita! Feita pelas obras dos fortes! Dos bravos! E o destino é forjado! Os historiadores, os estudantes, os anciões– eles vêm como consequência dos fortes e escrevem o que os bravos fizeram! Mas são os conquistadores que mudam o mundo!

Kang, o Conquistador, foi criado por Stan Lee e Jack Kirby. Ele fez sua estreia nas páginas da edição 19 de Quarteto Fantástico, embora ele estivesse como a persona de Rama-Tut. Kang, o Conquistador apareceu pela primeira vez em Vingadores #8.

Poderes:

  • Envelhecimento lento;
  • Especialista em Viagens temporais;
  • Inteligência surreal;
  • Tecnologia avançada.

Reitero que, a Kevin Feige já disse que a próxima fase será galática/cósmica, e Kang tem tudo para ser uma peça chave para terríveis atrocidades galáticas.

Indicação: @lucasg502, José Victor (1 Real a Hora) e Volney Tolentino

2 Galactus

Galactus, também conhecido como Devorador de Mundos, é uma entidade cósmica. Criado por Stan Lee e Jack Kirby, ele estreou em Quarteto Fantástico #48, o inicio de um arco de história algumas vezes considerado como a melhor colaboração entre Lee e Kirby.

A totalidade de seus poderes ainda é desconhecida, mas sabe-se que Galactus utiliza seu incomensurável poder cósmico para vários fins, entre eles: é capaz de mudar a realidade conforme sua vontade em escala cósmica, transmutar qualquer coisa que desejar, teletransportar objetos e pessoas, já foi capaz de teletransportar até mesmo galáxias inteiras, sente todo o espectro eletromagnético, possui consciência cósmica, pode curar e conceder a outros seres seus poderes, pode ressuscitar os mortos, pode recriar mundos inteiros (incluindo seus habitantes) em seus mínimos detalhes, pode criar buracos negros e outros corpos cósmicos, criar portais interdimensionais, projeção astral, utilização de tecnologia altamente avançada, pode se mover a velocidades superiores ao da luz que é a chamada velocidade de dobra, pode manipular a gravidade, telecinésia ilimitada, teletransporte, manipulação de matéria e energia em escala subatômica, cria campos de força, a manipulação de almas mortais, força em escala divina, sendo capaz de erguer mundos inteiros de uma só vez, voltar no tempo e muitos outros poderes mais.

Um dos mais cotados pelo público para pegar o bastão do Thanos, já que seus poderes são infinitamente mais fortes que o dele, e de não precisar de uma Manopla com Joias do Infinito para vencer.

Infelizmente, ele já apareceu nas telonas em “Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado” (2007) como uma poeira cósmica bizarra. Ninguém entendeu aquilo, nem mesmo os produtores. Se a Marvel for pela ideia de que já fizeram nos cinemas, não teremos a faminta entidade tão cedo.

Indicação: Alberto Marques, Diego Ramos, Eduardo Barboza, @felipe.fagundes1905, Gabriel Braga, Vitor Berbeth e Volney Tolentino

1 Dr. Destino

Victor von Doom foi criado por Stan Lee e Jack Kirby, tendo sua primeira aparição na revista Fantastic Four #5. Ele é o líder soberano de sua terra natal, a Latvéria, também é considerado arqui-inimigo do Quarteto Fantástico, mas enfrenta constantemente outros heróis, como os Vingadores e o Homem-Aranha. Foi inclusive um dos primeiros supervilões a aparecer na revista do Homem-Aranha.

O Doutor Destino é um vilão arquetípico e muitas de suas características vem sendo repetidas em outros personagens. Uma das maiores características é o seu excesso de orgulho. É mentiroso, traidor e impiedoso até mesmo com seus servos, pois não tolera qualquer tipo de falha dos mesmos, e é cruel ao ponto de matar qualquer pessoa que não o reconheça como um ser supremo. Não mede esforços para conseguir poderes cada vez maiores, pois sua meta é o controle do universo. Tem total lealdade do seu povo na Latvéria, que o considera um bondoso líder, mas na verdade ele não se importa com as vidas dos seus súditos.

Poderes:

  • Armadura lhe concede força sobre humana, voo e invulnerabilidade; além de possuir vários outros atributos como: rajadas de poder, geração de campos de força e uma carga elétrica poderosa o bastante para livrá-lo de ser subjugado por seres com imensa força sobre-humana;
  • Com seu poderoso intelecto, é capaz de construir aparelhos que o permitem roubar ou duplicar poderes de super seres;
  • Estando no espaço, o alienígena Ovoid o ensinou um processo que consiste em mentalmente trocar de corpo com outras pessoas através de um simples contato visual. Esta habilidade é usada por Destino para escapar de prisões e para evitar ser morto, como ele fez para escapar da morte em sua luta contra Terrax;
  • Pode invocar hordas de demônios e criar seres mágicos. Seus talentos mágicos são limitados devido à sua arrogância;
  • Manipula magia negra e defesas especiais contra poderes de vários personagens do Universo Marvel.

Doutor Destino pode conectar as fases urbana e cósmica como Feige prometeu. Também, o tirano é um ótimo vilão em todos os sentidos, como ser inimigo de quase todos, e com a aquisição da Disney, novos heróis e vilões mais poderosos irão aparecer, Victor é um exemplo disso!

Indicação: Alberto Marques, Eduardo Barboza, Gabriel Braga, José Victor (1 Real a Hora), Maria Clara Vianna, Pedro Dias, Vitor Berbeth e Volney Tolentino

Quem você acha que será o próximo Thanos no MCU? Pode ser sim alguém da lista ou você tem um outro palpite melhor? Diga nos comentários!

VOCÊ TAMBÉM PODE CURTIR