Não sabe quem é George Lucas, criador do universo Star Wars? Conheça!

A mais recente produção do universo criado por George Lucas, “Obi-Wan Kenobi”, está em exibição no Disney+

“Obi-Wan Kenobi” já está disponível exclusivamente no Disney+, com episódios novos às quartas-feiras.

A série começa dez anos depois dos eventos dramáticos do filme “Star Wars: Episódio III – A Vingança dos Sith”, quando Obi-Wan sofreu sua maior derrota — a queda e a corrupção do melhor amigo e aprendiz Jedi, Anakin Skywalker, que passou para o lado sombrio como o cruel Lorde Sith Darth Vader.

Mas, afinal, quem criou o Universo Star Wars? Conheça abaixo a história de George Lucas.

George Walton Lucas Junior é diretor, roteirista e produtor executivo em vários filmes da saga. Nasceu em 14 de maio de 1944 em Modesto, Califórnia.

Durante a década de 1960, Lucas estudou cinema na Universidade da Califórnia do Sul, uma das primeiras a ter uma cadeira dedicada a essa temática, onde conheceu Francis Ford Coppola. Lá, fez uma série de pequenos filmes, entre eles, a primeira versão de “THX-1138”, que mais tarde se tornou seu primeiro longa-metragem.

Após fazer a graduação, George Lucas fundou o estúdio American Zootrope, em parceria com Coppola, companhia que tinha por objetivo ajudar os realizadores a criarem filmes mais livremente, fora do circuito opressivo de Hollywood. A Zoetrope não teve sucesso, mas com o dinheiro derivado do filme “American Graffiti” (1973) – “Loucuras de Verão”, em português – Lucas conseguiu montar a sua própria companhia, a Lucasfilm.

As subdivisões desta empresa, “Skywalker Sound” e “Industrial Light and Magic”, tornaram-se das mais respeitadas nos ramos de som e efeitos especiais, respectivamente. A companhia também conta com a “Lucasfilm Games”, mais tarde rebatizada de “LucasArts”, que consolidou-se na indústria dos jogos de computador.

O início da saga

Inicialmente, George Lucas escreveu o roteiro de “Star Wars” contendo seis horas de filme, mas decidiu dividir a produção em seis episódios e gravar apenas os três últimos, pois os julgava mais interessantes e reconhecia neles aspectos que cativariam o público da época.

Os primeiros filmes, então, foram lançados em 1977 (“Star Wars: Episódio IV: Uma Nova Esperança”), 1980 (“Star Wars: Episódio V: O Império Contra-Ataca”) e 1983 (“Star Wars: Episódio VI: O Retorno de Jedi”), tornando-se sucesso absoluto na época. Tanto é que, no início da década de 90, a trilogia foi relançada em edição especial remasterizada com sequencias inéditas.

Já no fim de 1990, os fãs receberam a – enfim – notícia de que os três primeiros episódios também seriam gravados, sendo lançados em 1999 (“Star Wars: Episódio I: A Ameaça Fantasma”), 2002 (“Star Wars: Episódio II: Ataque dos Clones”) e 2005 (“Star Wars: Episódio III: A Vingança dos Sith”).

Mais tarde, a história da saga foi concluída com o lançamento de mais uma trilogia: “Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força” (2015), “Star Wars: Episódio VIII: Os Últimos Jedi” (2017) e “Star Wars: Episódio IX: A Ascensão Skywalker” (2019).

O estúdio por trás das primeiras produções Star Wars era a Fox Studios, que – por desacreditar na temática espaço – permitiu que George Lucas tivesse todos os direitos os filmes, o que garantiu a ele dinheiro suficiente para montar suas próprias empresas cinematográficas. Dentre elas a ILM, empresa que revolucionou a indústria cinematográfica com efeitos especiais de alta qualidade garantida, desenvolvendo tecnologia própria.

A mais recente produção da Lucasfilm, “Obi-Wan Kenobi”, está em exibição exclusivamente no Disney+.