The Good Place – 4ª Temporada | Crítica

8 de fevereiro de 2020

Publicado por Samuel Chaves

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no twitter
Tuíte isso
Compartilhar no whatsapp
Enviar no Whatsapp

Análise sobre a série “The Good Place”, da NBC, aqui no site Cebola Verde. Confira a ficha técnica do show:

Nome: The Good Place

Estreia: 2020 – 22 minutos, em média

Direção: Michael Schur

Elenco: Kristen Bell, Ted Danson, William Jackson Harper, Jameela Jamil

Gênero: Fantasia, Comédia

Distribuidora: NBC


A série teve seu final no dia 31 de janeiro e alcançou 100% no Rotten Tomates.

O paraíso e o inferno, questões filosóficas e camarões! Assim foram as quatro temporadas de “The Good Place“, quatro humanos são levados ao Bom Lugar, lá percebem que não é tão angelical como eles pensavam. Contando resumidamente, esta é a premissa da série que é stremmada na Netflix, que foi amadurecendo com o decorrer das temporadas levantando questões sobre moralismo, ética e filosofia em geral, de forma inteligente e engraçada. Elas nos fez refletir nossas atitudes em vida e em como elas afetam o nosso presente e futuro.

A quarta temporada é o desfecho final da série, os humanos que são interpretados por (placeholder), além de (placeholder) como um demônio e um ser hiper inteligente, que pensam juntos uma forma dos humanos irem ao céu, pois estava indo uma quantidade absurda de pessoas para o Lugar Ruim; alcançando esse objetivo, os último episódios mostram o epílogo e com os personagens vivendo seus restos de infinitos no paraíso.

Notas
  • Atuação
  • Direção
  • Edição
  • Roteiro
  • Trilha Sonora
4

Sinopse

Eleanor Shellstrop (Kristen Bell) está morta. Acontece que, após sua partida, ela foi enviada ao “Good Place – ou “Lugar Bom” -, um lugar de eterna felicidade destinado às pessoas que fizeram o bem durante suas vidas. Lá, todos são bons e encontram as suas almas gêmeas, com quem passarão o resto da eternidade. Mas tudo isso não passa de um acidente: Eleanor não merece estar lá. E agora, será que ela vai conseguir esconder a verdade de Michael (Ted Danson), que coordena a vizinhança, ou será eventualmente enviada ao “Bad Place”?

© 2020. Cebola Verde - "Versão 4.0: Cebolovers" / Developed by Mattz

DESCASCANDO!
CURRENTLY OFFLINE