Série sobre discos antológicos destaca álbum de estreia da banda The Doors

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

A lendária banda de rock psicodélico The Doors, eternizada pela voz de barítono e pela performance artística do cantor Jim Morrison, é tema de episódio da série “Álbuns Clássicos”, exibida no Brasil pelo canal Curta!. O disco de estreia do grupo, também intitulado “The Doors”, foi lançado em 1967, incluindo canções que ultrapassaram seu tempo e até hoje são sucesso, como “Light my fire” e o épico de onze minutos “The End”.  Em um contexto de rebeldia e de abuso de álcool e de drogas, Jim Morrison se consolidava como superstar símbolo de contestação, tanto em sua poética como em suas atitudes, sendo um dos precursores do lifestyle associado ao rock ‘n roll. Sob direção de Bob Smeaton, o episódio conta com depoimentos dos próprios ex-integrantes do The Doors — Ray Manzarek, Robby Krieger e John Densmore —, além de imagens de arquivo que ajudam a contar a história da formação da banda e da gravação de cada faixa desse primeiro álbum.  O episódio vai ao ar na Segunda da Música, 23/09, às 23h.

As brincadeiras infantis e o lúdico na vida adulta são temas do documentário ‘Tarja Branca’. A importância da brincadeira na infância pode ir além do que imaginamos — e o documentário “Tarja Branca”, produzido pela Maria Farinha Filmes, intenciona mostrar a relevância do lúdico. Com direção de Cacau Rhoden, o filme analisa o ato de brincar como parte da nossa formação social, intelectual e afetiva; e propõe uma reflexão sobre o papel ocupado por essa subjetividade “brincante” na vida adulta. “Tarja Branca” fala também sobre um sistema que nos afasta progressivamente dessa ludicidade conforme os anos passam e a infância vai ficando para trás.  A exibição é na Sexta da Sociedade, 27/09, às 22h30.

VOCÊ TAMBÉM PODE CURTIR