Only Murders In The Building -- Following the shocking death of Arconia Board President Bunny Folger, Charles, Oliver & Mabel race to unmask her killer. However, three (unfortunate) complications ensue - the trio is publicly implicated in Bunny's homicide, they are now the subjects of a competing podcast, and they have to deal with a bunch of New York neighbors who all think they committed murder. Charles (Steve Martin), Mabel (Selena Gomez) and Oliver (Martin Short), shown. (Photo by: Craig Blankenhorn/Hulu)

Por que “Only Murders in The Building” é tão hypado?

A primeira temporada está disponível com exclusividade na plataforma e os novos episódios da segunda temporada estreiam toda terça-feira

Já estão disponíveis no Star+ os três primeiros episódios da segunda temporada de “Only Murders in the Building”.

Após a chocante morte da presidente do conselho do Arconia, Bunny Folger, os novos episódios apresentam Charles (Steve Martin), Oliver (Martin Short) e Mabel (Selena Gomez) trabalhando freneticamente para desmascarar o assassino. Porém, três complicações surgem: o trio fica publicamente envolvidos no homicídio de Bunny; eles acabam se tornando assunto principal de um podcast concorrente; e ainda têm que lidar com um grupo de vizinhos de Nova York que pensam que eles são os assassinos.

Lançada em 2021, a primeira temporada de “Only Murders in the Building” se tornou queridinha do público e da crítica e a segunda também já está sendo bem elogiada. Com um tema original e um elenco de peso, diversos motivos explicam esse sucesso. Confira, abaixo, alguns deles:

Tema original

Tendo idealizado a série há mais de 10 anos, Steve Martin conseguiu transformar a produção em um marco da cultura pop. Usando temas atuais, “Only Murders in the Building” se torna original por abordar um tema ainda pouco explorado no audiovisual, que é a paixão de muitas pessoas por podcasts e pelo gênero true crime.

Além disso, a trama tem uma linguagem muito inteligente e única, até metalinguística, já que boa parte do seu humor faz referência à própria série. Esse estilo agradou o público e a crítica, levando a primeira temporada a alcançar o marco de 100% de aprovação no Rotten Tomatoes, site especializado que reúne as principais críticas de filmes e séries

Mistura de gêneros

Essa mistura de gêneros (comédia e true crime) é feita na medida certa e é um dos seus pontos fortes. Sendo assim, a série é uma ótima pedida para quem quer assistir uma boa comédia para rir e relaxar, mas não deixa de instigar o público com um mistério envolvente, fazendo o espectador se divertir e, ao mesmo tempo, criar teorias para tentar descobrir os verdadeiros culpados.

Química entre os protagonistas 

Only Murders In The Building — Following the shocking death of Arconia Board President Bunny Folger, Charles, Oliver & Mabel race to unmask her killer. However, three (unfortunate) complications ensue – the trio is publicly implicated in Bunny’s homicide, they are now the subjects of a competing podcast, and they have to deal with a bunch of New York neighbors who all think they committed murder. Oliver (Martin Short), Charles (Steve Martin) and Mabel (Selena Gomez), shown. (Photo by: Craig Blankenhorn/Hulu)

No elenco principal, temos a união improvável – mas que deu muito certo – de dois veteranos da comédia, Martin Short e Steve Martin, com a cantora e atriz Selena Gomez.

Com uma química imperdível, os amigos de longa data contam com a ajuda de Selena para deixar a trama ainda mais engraçada, e o choque entre as gerações é o ponto forte da interação entre os três.

Participações especiais

Além dos nomes de peso como protagonistas, “Only Murders in the Building” ainda conta com participações especiais super conhecidas e adoradas pelo público. Celebridades como Tina Fey (Meninas Malvadas), Sting (ex-membro da banda The Police), Jane Lynch (Glee), Nathan Lane (Modern Family), Cara Delevingne (Esquadrão Suicida) e Shirley MacLaine (Laços de Ternura) são alguns dos convidados que, mesmo com menos tempo de tela, acabam roubando a cena quando aparecem.