Amazon planeja série baseada em “Senhor dos Anéis”

Confira o que já se sabe sobre a nova produção da Amazon!

“O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel” atinge a maioridade ainda em 2019. Como eles crescem rápido…

Depois de dezoito anos do lançamento do primeiro filme (dezessete no Brasil, já que ele estreou em 1 de janeiro de 2002 aqui), ainda é fácil perceber a influência da trilogia até hoje. Muitas características do tradicional RPG remetem-nos a Terra Média, assim como as dinâmicas dos relacionamentos entre outros personagens da cultura geek são muito similares às descritas por Tolkien – é fácil pensar em outro personagem além do Frodo que está entre os principais de uma história e tem um melhor amigo que se chama Sam e põe juízo na cabeça dele.

Talvez tenha sido essa importância que fez com que, em 2017, a Amazon comprasse os direitos de “Senhor dos Anéis” para produzir uma série para o Amazon Prime, sua plataforma de streaming.

Mesmo depois de pouco mais de um ano dessa compra, muitas coisas ainda não passam de especulação: se Peter Jackson estará envolvido na produção ou não, se os atores dos filmes anteriores participarão de alguma maneira, se Cristopher Tolkien, filho de J. R. R.Tolkien e opositor dos filmes, gostou da ideia ou não.

As únicas certezas que temos são que a série será uma prequel de “Senhor dos Anéis”, mas ainda depois de “O Hobbit”, contando um pouco da juventude de Aragorn, que a Nova Zelândia muito provavelmente voltará a ser o local de filmagem e que a estreia está prevista para 2021. Também é possível perceber que a Amazon pretende fazer algo grande e já até tem um perfil no Twitter para promover a série, além de um site com um mapa da Terra Média.

Apesar de toda a influência que os livros de Tolkien têm (ou talvez justamente por causa dela) é difícil saber como a série será recebida pelo público. Como não fazer com que os milhares de fãs não odeiem completamente o conteúdo ou – o que parece ser impossível – superar suas expectativas sobre ele?

Bem, nós não temos a resposta para essa pergunta. Por enquanto, só podemos aguardar e torcer para que a Amazon descubra como fazer isso antes da estreia da série.

Estamos ao vivo!
CURRENTLY OFFLINE