A diversidade das HQs chega à CCRJ com o Panorama Nona Arte 2019

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Evento propõe dar visibilidade à produção de quadrinhos nacionais com foco em uma produção mais autoral e artística.

A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, de 12 a 16 de novembro (de terça-feira a sábado), o “Panorama Nona Arte 2019 – Quadrinhos Impossíveis”. Debates, feira de quadrinhos e oficinas marcam a programação do evento, que reúne alguns dos nomes mais importantes das Histórias em Quadrinhos do país. As atividades acontecem das 14h às 20h, com entrada franca.

A proposta é dar visibilidade à produção nacional com foco no trabalho mais autoral e artístico. Para isso, a equipe de curadores busca apresentar um painel rico e plural da linguagem das HQs como uma expressão artística, em um grande evento dessa arte reconhecida mundialmente, marcada pela diversidade de técnicas, estilos, formatos e abrangência de públicos de todas as idades.

O momento para o Panorama Nona Arte não poderia ser melhor. A produção nacional de quadrinhos vive uma efervescência com autores brasileiros consolidando seus nomes dentro e fora do país, exportando livros e ganhando prêmios internacionais. Junto a isso, as feiras de publicações independentes revelam uma nova geração de autores, com uma produção fora dos modelos convencionais e abordando uma multiplicidade de temas.

O Panorama Nona Arte tem a curadoria do cearense Weaver Lima (CE) e de Fabio Zimbres (RS), que também estarão no evento. Ambos são artistas visuais, pesquisadores e autores de HQs atentos à produção contemporânea. Junto aos dois curadores soma-se a curadoria adjunta da artista visual e arte educadora Mariana Moysés, editora do Fanzine Falafel.

A arte do evento é assinada por Alberto Monteiro (RJ), autor vanguardista de HQs e criador do fanzine AntiUsual – publicação que se tornou referência dentro do circuito brasileiro de quadrinhos underground.

VOCÊ TAMBÉM PODE CURTIR