Cristina Eiko e Paulo Crumbim reforçam lista de quadrinistas da CCXP19

13 de novembro de 2019

Publicado por Volney Tolentino

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no twitter
Tuíte isso
Compartilhar no whatsapp
Enviar no Whatsapp

O casal que pela primeira vez aparece como convidado do festival, estará todos os dias no Artists’ Alley.

A lista de quadrinistas convidados para o maior Artists’ Alley do Hemisfério Sul não para de crescer. Cristiana Eiko e Paulo Crumbim são os novos nomes anunciados para CCXP19 – que acontece entre 5 e 8 de dezembro, no Expo São Paulo. Os artistas terão uma mesa no espaço queridinho do público e estarão todos os dias no festival para encontrar com os fãs que desejem comprar seus trabalhos, pegar um autógrafo e tirar uma foto.

Cristina Eiko nasceu em São Paulo e formou-se em Design. A artista trabalhou com animação em comerciais e longas-metragens como “Segredo de Kells” e “Uma História de Amor e Fúria”. Em 2010 começou a desenhar “Quadrinhos A2”, junto com seu parceiro Paulo Crumbim. Com ele também criou a Graphic MSP “Penadinho – Vida”, lançado em 2015, e em 2017 lançou sua primeira HQ solo, “Culpa”, na coleção Ugritos da Ugra Press.

Paulo Crumbim também nasceu em São Paulo, mas na cidade de Santos. O artista concluiu a faculdade de Publicidade e, alguns anos depois, migrou para animação. Trabalhou em “Uma História de Amor e Fúria”, além de diversos comerciais e para a Folha de São Paulo. É autor e roteirista de quadrinhos como “Quadrinhos A2”, e “Penadinho – Vida”, com Cristina Eiko. Entre seus trabalhos solos, para os quais atuou como desenhista e roteirista, estão “Gnut”, hq experimental para a web e impressa, “Cambria/Terreno/.exe”, “Um Longo Vestido/Sem Mim”, “Kettling! Firehose! Schadenfreude!”, uma gama de zines experimentais entre 2017 e 2018, e “Ruído”, da coleção Ugritos, de 2018.

O casal se conheceu em 2005, enquanto trabalhavam no longa-metragem de animação “Asterix e os Vikings”. Ambos já faziam quadrinhos informalmente em seus cadernos de rascunhos, com pequenos registros do dia a dia. Após a FIQ de 2009, decidiram que fariam quadrinhos juntos. Em 2010, começaram a desenhar “Quadrinhos A2”, publicações que tiveram duas edições impressas com compilações de suas HQS autobiográficas. A obra arrebatou o 25º Troféu HQ Mix na categoria “Melhor publicação independente de autor”.

© 2020. Cebola Verde - "Versão 4.0: Cebolovers" / Developed by Mattz

DESCASCANDO!
CURRENTLY OFFLINE