The Self-Escape lança releitura de Chet Faker em sessão intimista

“No Diggity” foi gravada segundo a sonoridade do recifense.

A climática “No Diggity” de Chet Faker é recriada com guitarras e loops por The Self-Escape. O artista australiano é uma das inspirações do recifense e a versão antecipa o clima de seu primeiro EP. O vídeo foi produzido por Fotura Photography com finalização de áudio de Arthur Azoubel.

Sentindo a necessidade de buscar maior independência e liberdade criativa como criador solo, o pernambucano Felipe Buarque escapou de si próprio no projeto The Self-Escape. Atualmente finalizando seu EP de estreia, ele mistura sons blueseiros de sua guitarra com o minimalismo eletrônico experimental de projetos que o inspiraram, como The Weeknd, Alt-J, The xx e Chet Faker, recriado nesta sessão.

“Foi através de uma live session sensacional dela que conheci um dos meus artistas prediletos e me chocou muito a diferença entre a versão dele e a original. Quando gravo e recrio músicas, geralmente escolho canções com que já tenho uma afinidade muito grande, bem conhecidas e tento fazer elas soarem contemporâneas entre si”, conta Felipe.

Essa versão foi fruto de um processo de estudos de produção musical feito por The Self-Escape, buscando uma maior independência durante o processo e em performances ao vivo. As pesquisas, unidas à montagem de um home studio, o instigaram a dar um mergulho mais profundo em sua própria identidade como artista.

O formato sozinho ao vivo será explorado tanto nos palcos quanto nessa série de vídeos que já contou com “Five- Two Girl” e vai ter ainda uma faixa inédita.

Volney Tolentino

Jovem dinâmico, que detém o poder central dos Cebolas Verdes; Um clã no interior (sigilo) da imensa África Subsaariana. Sua missão é fazer o bem como designer, crítico de cinema, professor de inglês e amante esportivo.

Estamos ao vivo!
CURRENTLY OFFLINE