CNB e-Sports e Santos vencem e fecham a segunda semana da Superliga ABCDE

Com torcidas empolgadas e partida longa, CNB derrotou Falkol, enquanto Santos venceu Bulldozer. INTZ, Redemption, paiN Gaming e Vivo Keyd também garantiram vitória na rodada.

A segunda rodada da Superliga ABCDE 2018 se encerrou neste domingo (18) com as duas partidas restantes do grupo A. Às 13h, CNB e-Sports enfrentou a Falkol e saiu com a vitória por 2 a 0. Depois, o Santos não tomou conhecimento da Bulldozer, e derrotou por 2 a 0.

Os jogos são disputados no formato MD3 (melhor de três), e as duas primeiras colocadas de cada grupo avançam para as semifinais, que passam a ter confrontos em MD5 (melhor de cinco), assim como a grande final.

As rodadas da primeira fase da Superliga ABCDE acontecem às sextas-feiras, sábados e domingos, com dois jogos por dia. As semifinais estão marcadas para os dias 15 e 16 de dezembro, e a decisão para o dia 23 do mesmo mês, às 13h.

O público acompanhou todos os jogos da competição nos canais da Superliga ABCDE no Facebook, Twitter, Youtube, Twitch, Cube e Nimo TV.

Confira como foram as partidas de sexta-feira, sábado e domingo:

Sexta-feira (16/11) – IDM Gaming 1 x 2 INTZ e Redemption 2 x 1 Team oNe

A segunda rodada da Superliga ABCDE começou na sexta-feira (16) com disputas intensas pelo Grupo B da competição. INTZ e Redemption derrotaram IDM e Team oNe, respectivamente, com viradas de tirar o fôlego.

O INTZ até começou melhor no confronto com mais abates, mas foi surpreendido pela IDM, que logo equilibrou a partida e encaixou a sua estratégia, invadindo a base inimiga com todos os impulsos e fechando 1 a 0. No segundo jogo, os Intrépidos reagiram. A entrada de Ygor “Redbert” como suporte no lugar de Pedro “Lynx” funcionou e a equipe dominou a adversária, empatando a série em 1 a 1. No terceiro embate, a teamplay do INTZ se destacou. Controlando a IDM desde o início, o time conseguiu abates rápidos e decisivos, além de contar com erros do oponente para virar a partida. Resultado: 2 a 1 e mais uma vitória para os Intrépidos.

Para Rodrigo “Tay”, do INTZ, a equipe ainda precisa de alguns ajustes, mas está no caminho certo: “Fizemos uma partida boa. Falhamos apenas no primeiro jogo, quando estávamos na frente e acabamos deixando o adversário reagir. Porém, nos adaptamos bem e vencemos”. Já para Yan “Damage”, atleta da IDM, o time deixou a vitória escapar por pouco: “No primeiro jogo controlamos muito bem as ações e tínhamos um plano de jogo muito bem encaixado. Depois disso, acabamos cometendo erros bobos e perdemos a confiança”.

A partida que fechou a noite começou com uma disputa frenética entre Team oNe e Redemption. Melhor para os Golden Boys que conquistaram o Barão e fecharam o jogo, abrindo 1 a 0. Em seguida, ambas as equipes protagonizaram um duelo de alto nível, com muito equilíbrio e grandes jogadas intercaladas entre os dois times. Foi aí que a Redemption mostrou força mental para conseguir abates decisivos e empatar a série em 1 a 1. No terceiro confronto, a RDP anulou completamente a estratégia da T1 e, em pouco tempo, abriu uma ótima vantagem sobre a adversária. No final, a Redemption venceu por 2 a 1 e chegou aos seis pontos, deixando a rival Team oNe zerada na tabela de classificação.

Denilson “Céos”, jogador da Redemption e King of the Match, afirmou que o time oscilou, mas se encontrou no segundo jogo: “A série foi bem disputada. Não fomos bem no começo e desrespeitamos a nossa própria estratégia. Depois disso, graças a nossa comissão técnica, seguimos o plano de jogo e conseguimos a vitória”. Do outro lado, Victor “Steal” analisou o que deu errado: “Eu acredito que faltou calma ao time, porque começamos muito bem. A ansiedade nos atrapalhou e agora temos que corrigir nossos erros”.

Sábado (17/11) – Operation Kino 0 x 2 paiN Gaming e Vivo Keyd 2 x 0 ProGaming

No sábado (17), confrontos rápidos marcaram a continuação da segunda rodada da Superliga ABCDE. A paiN Gaming venceu a Operation Kino, e a Vivo Keyd derrotou a ProGaming, ambos por 2 a 0.

A paiN Gaming demonstrou desde o início sua força coletiva e abriu vantagem no número de abates logo de cara, finalizando com 23 a 2, e abrindo 1 a 0 na série. No segundo confronto, a equipe manteve sua força, e mesmo com a Operation Kino tentando igualar o embate, conseguiu fechar o jogo em 2 a 0.

Pedro “Gafone”, Head Coach da Operation Kino, teve de atuar nesta partida e comentou o que faltou para a equipe vencer: “Deveríamos ter treinado mais. Nós fomos o time que começou a se preparar mais tarde, mas estamos evoluindo aos poucos. Vamos trabalhar demais, rever esses jogos e analisar o podemos fazer melhor até a próxima semana”. Já o King of the Match, Thiago “Tinowns”, da paiN Gaming, analisou sua atuação: “O meu desempenho foi bom, acho que joguei bem. Algumas situações foram bem fáceis para mim, então, acho que cumpri o meu papel. Acredito que o coletivo poderia ser bem melhor, principalmente no segundo jogo, em que fomos bem afobados. Acho que o nosso time está indo muito bem e só temos a evoluir.”

No segundo jogo da noite, a Pro Gaming conseguiu logo de cara o abate mais rápido da Superliga ABCDE, com um pouco mais de um minuto de partida. Após isso, viu a Vivo Keyd se recuperar e conseguir equilibrar o embate. Com um jogo coletivo forte, a Vivo abriu 1 a 0 no confronto. No segundo jogo, a Pro Gaming conseguiu novamente o first blood e desta vez, o dragão infernal. Mas isso também não impediu Keyd de fechar o duelo em 2 a 0.

Matheus “Professor”, jogador da Vivo Keyd, ressaltou o comportamento da equipe: “Nós mantivemos o nosso plano e conseguimos escalar bem, principalmente no primeiro jogo. Fechamos o primeiro embate rápido. Não tomamos as plays deles e jogamos em conjunto”. Já Lucas “Luskka”, atleta da Pro Gaming, explicou o que faltou na equipe: “Nós fugimos do nosso plano de jogo. A nossa comunicação estava afobada e afetou diretamente o nosso desempenho. Acabamos nos perdendo dentro da partida, o que ocasionou a derrota”. Ele comentou também sobre a torcida presente no campeonato: “Jogar com torcida aqui na Superliga ABCDE tem sido muito legal, é uma experiência nova para muitos jogadores. Isso traz uma bagagem maior”.

Domingo (18/11) – CNB e-Sports 2 x 0 Falkol e Santos 2 x 0 Bulldozer

Duas partidas encerraram a segunda rodada da Superliga ABCDE. CNB e-Sports venceu a Falkol por 2 a 0, com muita emoção, levando as torcidas ao delírio. Finalizando a rodada, o Santos dominou a série do início ao fim, e derrotou a Bulldozer, também por 2 a 0.

O primeiro confronto do dia começou com muita emoção e torcidas animadas. Logo no início, a Falkol pressionou o seu adversário. Mas a CNB não desanimou e equilibrou a partida. Após cinquenta minutos jogados, com as duas equipes fortes, os Blumers conseguiram levar a melhor e abrir 1 a 0. No segundo embate, a Falkol não teve o mesmo desempenho. Com isso, CNB não deu chances ao seu oponente e finalizou a série em 2 a 0.

Destaque da equipe CNB e-Sports e King of the Match, Yan “Yampi”, falou sobre a vitória da equipe: “Na reunião após a partida, o Pablo “pbo” elogiou bastante o time todo pelo primeiro confronto, porque mostrou o quanto a gente treinou nesta semana e a nossa força. Durante o jogo, houve comunicação sem parar, e foi por isso que fomos melhor que eles”. Já o mid laner da Falkol, Danniel “EvrOt”, explica o que falta aperfeiçoar para a próxima rodada: “No primeiro embate faltou um pouco de calma para nós. Temos que melhorar um pouco o fator psicológico em relação as séries. Como o time não tem muita experiência, ter de jogar cinquenta minutos e já ir para a próxima pode afetar. É algo importante que temos que aprimorar”.

O jogo que encerrou a rodada colocou frente a frente duas equipes que haviam perdido na estreia: Santos e Bulldozer. A equipe santista começou dominando a partida, e sem dar chances ao adversário, finalizou o primeiro embate. A Bulldozer não conseguiu conter a força coletiva do seu oponente e acabou derrotada por 2 a 0.

Matheus “Drop”, ADC do Santos, falou sobre o desempenho do time: “O nosso ponto forte hoje foi o poder de decisão. O trabalho de equipe foi muito bom também. Sabíamos que o plano deles era jogar pelo bot e apenas esperamos lá. Então, foi muito tranquilo”. Já Moyses “KlyOn”, suporte da Bulldozer, comentou a atuação na partida e a oportunidade de disputar a Superliga ABCDE: “Nós vimos um ponto fraco deles na Jungle, mas faltou sinergia nossa para organizar e puxar jogadas. Sabíamos que não seria fácil o campeonato. Mas tem sido uma experiência gratificante. Estou feliz em poder representar o meu estado, o Espírito Santo”.

A Superliga ABCDE volta nesta sexta-feira com confrontos da terceira rodada. Às 18hs, a ProGaming enfrenta a CNB e-Sports. Em seguida, Santos e Falkol duelam em busca de somar mais três pontos na tabela. Já no sábado, a Vivo Keyd pega a Bulldozer e a Team oNe medirá forças com a Operation Kino. No domingo, será a vez da Redemption enfrentar o INTZ e a IDM Gaming pegar a paiN Gaming.

Volney Tolentino

Jovem dinâmico, que detém o poder central dos Cebolas Verdes; Um clã no interior (sigilo) da imensa África Subsaariana. Sua missão é fazer o bem como designer, crítico de cinema, professor de inglês e amante esportivo.

Estamos ao vivo!
CURRENTLY OFFLINE