BIG Festival: Lançamento de estúdios e pesquisas locais marcam dias iniciais do evento

NewZoo apresenta projeções para o mercado local;

BIG Festival, maior festival de jogos independentes da América Latina, começou na última segunda-feira (3) com anúncios relevantes para o mercado de games.
INTZ anunciou seu novo estúdio de games, o Apollo Games Lab. O estúdio  é fruto de uma parceria estratégica com o produtor de jogos Guilherme Romano, que lidera uma equipe com mais de 10 profissionais do mercado.  O primeiro jogo a ser lançado pelo estúdio será Apollo in Outerspace, um jogo autoral de aventura que conta a história de Apollo e sua tripulação lutando pela sobrevivência no espaço sideral, após a queda de sua nave em meio a uma missão.

O jogo estará disponível tanto para PC como mobile em plataformas como Steam, iOs e Android. A data prevista de lançamento, será no dia 14 de maio, mas o jogo já está disponível para testes durante o BIG Festival até o dia 9 de maio.

Já a DX GAMEWORKS anunciou ontem (5), o lançamento de seu negócio de publicação de jogos com uma abordagem inovadora. A iniciativa, que conta com apoio do Xbox e da Bertha Capital, abrangerá toda a América Latina e terá como objetivo transformar o mercado de desenvolvimento de jogos na região. A empresa trará estúdios de jogos para um ecossistema onde serão amparadas por uma equipe de desenvolvedores, produtores e artistas que ajudarão a terminar seus jogos com o nível de qualidade exigido por mercados internacionais.

O mercado brasileiro de gamesapresentou uma análise interessante sobre como o mercado de games na América Latina pode crescer após a pandemia de COVID-19. Jorge destacou em seu painel que uma das grandes oportunidades de crescimento para a região são os jogos em realidade virtual, já que 76% dos gamers brasileiros afirmam ter usado plataformas e dispositivos AR/VR em 2020.

Ontem (5), foi a vez da NewZoo apresentar suas projeções para os próximos anos. De acordo com Guilherme Fernandes, consultor de marketing da empresa, os jogos mobile já geram hoje metade de toda a receita de games no Brasil, e este é um segmento que tende a crescer mais, ainda que PCs e consoles ainda tenham uma grande fatia dos valores. Para ele, o crescimento desse tipo de games se deve aos jogos “mid-to-core” como Free Fire.

Além dos anúncios, o BIG Festival também foi palco de discussões importantes para o mercado local e que envolveram desde investimentos até saúde e educação.

No primeiro dia (4), Jorge Araya do Euromonitor International,

Outras projeções mencionadas por Guilherme incluem cloud gaming e como essa tendência irá se desenvolver na região, principalmente quando considerados os custos de consoles e PCs.

Ainda ontem (5), o time da Go Gamers apresentou os resultados da PGB (Pesquisa Game Brasil), que traçou o perfil do gamer brasileiro. De acordo com Carlos Eduardo Silva, head of gaming da Go Gamers, 72% dos brasileiros têm o costume de jogar jogos eletrônicos e mais de 51% são mulheres. Além disso, mais de 68% dos brasileiros afirmam que jogos digitais são sua principal forma de entretenimento hoje em dia.

DESCASCANDO AO VIVO!
CURRENTLY OFFLINE