Migdal anuncia que ‘M8’ está na seleção do Festival do Rio

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

“M8 – Quando A Morte Socorre A Vida”, dirigido pelo cineasta Jeferson De (do premiado “Bróder”) é baseada no livro homônimo de Salomão Polakiewicz e conta a história de Maurício (Juan Paiva), um calouro da prestigiada Universidade Federal de Medicina, primeiro aluno negro cotista. A Migdal, produtora do filme, anuncia hoje, Dia da Consciência Negra, que M8 está selecionado para participar do Festival do Rio e estreia no primeiro semestre de 2020. E hoje lança o grupo do Facebook “Resistência M8”. Acesso no link.

Em sua primeira aula de anatomia, Maurício é apresentado a M8 (Raphael Logam), corpo que servirá para estudo dele e dos amigos durante o primeiro semestre. Em uma jornada permeada de mistério e realidade, Maurício enfrenta suas próprias angústias para desvendar a identidade desse rosto desconhecido.

Ele e os amigos Suzana (Giulia Gayoso), Domingos (Bruno Peixoto) e Gustavo (Fábio Beltrão) formam uma turma que vive as dificuldades e as descobertas do primeiro ano da vida universitária. Dia após dia, eles são confrontados com a aspereza do mundo adulto e têm que fazer escolhas nem sempre fáceis. M8 é distribuído pela Paris Filmes/Downtown Filmes.

O elenco de “M-8 — Quando A Morte Socorre A Vida” conta com Zezé Motta (Ilza), Ailton Graça (Sá), Alan Rocha (Sinvaldo), Rocco Pitanga (policial), Dhu Moraes (Mãe de Santo), Léa Garcia (Dona Angela), Henri Pagnoncelli (Prof. Djalma), Malu Valle (Carlota) e Lázaro Ramos, que faz uma participação especial.

Além da direção, Jeferson De também assina o roteiro do longa, ao lado de Felipe Sholl. A produção é de Iafa Britz e Carolina Castro, com produção executiva de Romulo Marinho Jr.

VOCÊ TAMBÉM PODE CURTIR