Eternos | Crítica

Com incríveis cenas de luta, o filme é uma aposta ousada e diferente do que vimos até hoje no UCM

Última atualização:

Análise sobre o filme “Eternos”, da Marvel Studios (a convite da Walt Disney Pictures BR), aqui no site Cebola Verde.

Confira a ficha técnica da trama:

Nome: Eternos (Eternals)

Estreia: 04 de novembro de 2021 – 2h 37min

Direção: Chloé Zhao

Elenco: Gemma Chan, Richard Madden, Salma Hayek, Angelina Jolie

Distribuidora: Walt Disney Pictures

Gênero: Ficção científica, Fantasia, Ação


A introdução dos Eternos na Marvel é grandiosa. Não só os personagens de um filme são introduzidos, mas sim, um aglomerado de novas opções nessa nova fase da Marvel – a fase 4. Por exemplo, os fãs dos quadrinhos conhecem a equipe por ser uma cópia da Liga da Justiça, da rival DC Comics, para tentar bater de frente em popularidade. E nela, havia uma equipe super poderosa, os potentes Celestiais, a conversa com multiversos, enfim, um pacote farto de opções e que agora foram resgatados para o cinema.

De volta majoritariamente dos cinemas, Eternos é uma atração à parte e enumera pontos positivos que fazem do filme ser um sucesso. Além do mais, é uma das obras mais ousadas da Marvel depois de muito tempo, isso é encabeçado pela diretora Chloé Zhao. Ela mostra e convence pela inserção de representatividade, tanto racial quanto de questões sociais.

Com uma bela direção de fotografia, ambientação caricata que transpassa por gerações e momentos de revolução da humanidade terrestre, uma trilha sonora impecável, faz com que o novo grupo de heróis de sobressaia. Entretanto, em fato, o ponto alto, e que considero importante para Eternos ser grandioso, é a interação com as devoções de cada personagem. Cada personagem tem o seu poder que também é atribuído por uma personalidade forte. Ao todo temos 7 eternos, uma raça alienígena, que estão no planeta Terra atrás de uma missão até então misteriosa durante séculos. Por exemplo, Phastos é mais cômico, Druig é metódico e Sersi está ainda aprendendo o seu significado. É engraçado a metáfora que a diretora Chloe faz com o espectador, mesmo que eles tenham vivido séculos, ainda estão em revolução como nós humanos e pode ser notado pela personagem de Sersi. Um fato curioso é o diálogo cômico e super importante para trama de Sersi com uma estátua de Charles Darwin – pai da evolução.

Diante dos fatos supracitados, Eternos é um filme ousado da Marvel, o qual quebra paradigmas na indústria de super-heróis. A direção de Chloé Zhao é um espetáculo que faz quase 3 horas de filme passar voando com belas cenas de luta e ainda dá o desejo de mostrar mais dessa narrativa de heróis. Vale salientar que não há em si um vilão em específico, mas sim uma raça de renegados, chamada de Deviantes.

Eternos
Sinopse
Os Eternos são uma raça de seres imortais que viveram durante a antiguidade da Terra, moldando sua história e suas civilizações enquanto batalhavam os malignos Deviantes.
Atuação
Direção
Efeitos Especiais
Edição
Fotografia
Roteiro
Trilha Sonora
4.5
Notas
DESCASCANDO AO VIVO!
CURRENTLY OFFLINE