Todos Por Um!: Time de Felipe Melo é campeão do campeonato virtual

18 de maio de 2020

Publicado por Tamires

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no twitter
Tuíte isso
Compartilhar no whatsapp
Enviar no Whatsapp

Davi Melo, filho do zagueiro palmeirense, vence Grummy, atleta do polo aquático, por 1 a 0 e conquista o título da primeira edição do torneio beneficente.

Felipe Melo é o campeão da primeira edição do torneio virtual Todos Por Um!, que visa arrecadar doações para o projeto G10 das Favelas em meio à pandemia da COVID-19. Representado por seu filho, Davi Melo, o zagueiro palmeirense faturou o título após vencer Grummy, do polo aquático, por 1 a 0, na grande final do campeonato virtual disputada neste domingo (17).

O campeão enfrentou Everton Ribeiro, capitão do Flamengo, na semifinal. A vitória veio na decisão por pênaltis, após o emocionante empate por 3 a 3 no tempo normal. Grummy também garantiu a vaga na final nos pênaltis. Após empatar em 1 a 1, a jovem revelação do polo aquático brasileiro venceu o nadador Guilherme Costa nos pênaltis por 4 a 2.

A final foi equilibrada. Grummy escolheu o PSG e Davi optou por jogar com a Juventus, ex-time de Felipe Melo. A primeira grande oportunidade foi da equipe italiana. Matuidi chutou da entrada da área para boa defesa de Navas, aos 23 minutos. A Juventus seguiu com maior posse e desperdiçou outra chance, dessa vez com Dybala. O atacante arriscou de fora da área e mandou a bola por cima do travessão. O jogo foi para o intervalo empatado em 0 a 0.

O segundo tempo mal começa e Cristiano Ronaldo faz um golaço. O jogador português recebe a bola, domina na entrada da área e chuta no ângulo de Navas para abrir o placar. O PSG parte em busca do empate, mas esbarra na forte marcação da Juventus. Aos 83 minutos, Cavani tem a chance de empatar a partida, mas o goleiro da equipe italiana faz grande defesa. Nos minutos finais, o time comandado por Davi Melo fica com a posse de bola, garante a vitória e fatura o título da primeira edição do Todos Por Um!.

“O Davi se dedicou muito. Vi ele treinar todos os dias e estou muito contente com esse título. Quero agradecer a todos. O intuito maior era ajudar as pessoas e acho que conseguimos isso. Estou muito feliz pelo Davi”, disse Felipe Melo.

O campeonato de videogame teve como objetivo ajudar a ONG G10 das Favelas a arrecadar doações para projetos sociais e de combate à pandemia do novo coronavírus. Com essa ajuda, o G10 poderá auxiliar ainda mais, com apoio em alimentação e higiene, além de aumentar o número de ações para conscientizar a população sobre os cuidados necessários para evitar a propagação do vírus.

As doações foram feitas pelo aplicativo de pagamentos à distância PicPay, seja diretamente pela plataforma, buscando por “G10 das Favelas”, ou por meio da leitura do QR Code durante as transmissões ao vivo. A empresa – maior carteira digital do País, com 20 milhões de usuários – promete dobrar o valor arrecadado em até R$ 1 milhão ao final da competição.

O evento, que foi organizado pela ESM Sports Business, contou com o patrocínio do Betsul e teve Falcão, ex-jogador de futsal e de futebol de campo, como embaixador e apoio do COB e da FPF.

Confira como foram as semifinais:

Grummy (PSG) 1 (4) x (2) 1 Guilherme Costa (Liverpool)

O jogo começou com ambas as equipes em busca do gol e, na primeira chance real, o Liverpool abriu o placar com Salah cobrando pênalti. No lance seguinte o time inglês quase amplia, mas o atleta da seleção do Egito perde a chance. Os Reds eram melhores no jogo e desperdiçaram muitas chances no primeiro tempo, que termina 1 a 0.

Na etapa final, o PSG volta em busca do empate e Cavani perde boa chance. O Liverpool equilibrada a partida e volta a pressionar o gol francês, mas para nas defesas de Navas. Aos 75 minutos, Neymar puxa rápido contra-ataque e rola para Cavani empatar e levar a partida para os pênaltis. O PSG leva a melhor e vence a disputa por 4 a 2.

Everton Ribeiro (Flamengo) 3 (2) x (3) 3 Davi Melo (Palmeiras)

A segunda semifinal foi o jogo mais emocionante do torneio. Logo no primeiro ataque, Arrascaeta chuta forte da entrada da área e faz o primeiro gol flamenguista. Aos 10 minutos, Diego Alves sai jogando errado e entrega a bola nos pés de Luiz Adriano, que empata o duelo. No lance seguinte, escanteio para o Flamengo cobrado por Everton Ribeiro, que Gabigol domina e chuta para o fundo das redes, para colcoar o time em vantagem novamente. O jogo segue em um ritmo alucinante e Lucas Lima acerta o travessão de Diego Alves em cobrança de falta. O Rubro-Negro vai para o intervalo na frente do placar.

Na etapa complementar, Lucas Lima cobra outra falta e dessa vez vence o goleiro da equipe carioca para empatar o confronto. Ambas as equipes criam chances para marcar, até que, aos 84 minutos, Gabigol tabela com Everton Ribeiro e faz o terceiro gol do Flamengo no jogo. O confronto parecia decidido, mas nos acréscimos, após cobrança de escanteio, Zé Rafael aparece no primeiro pau e cabeceia para empatar o jogo. Nos pênaltis, vitória palmeirense por 3 a 2.

© 2020. Cebola Verde - "Versão 4.0: Cebolovers" / Developed by Mattz

DESCASCANDO!
CURRENTLY OFFLINE