NiP bate FaZe e termina em primeiro lugar na Pro League LATAM

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Ninjas fecham torneio com chave de ouro em vitória contra vice-líder; MiBR perde para Team oNe e vai disputar a repescagem.

Nesta quarta-feira (16), aconteceram os quatro últimos confrontos da região LATAM, que definiram a Ninjas in Pyjamas na liderança e a MiBR como a penúltima colocada, posição que a deixa na zona de repescagem e na luta para permanecer na elite da competição. O público pôde acompanhar todas as emoções das partidas nos canais oficiais do Rainbow Six Esports Brasil no YouTube e na Twitch.

Com 14 rodadas disputadas, a Pro League LATAM terminou da seguinte forma: NiP, com 33 pontos, e FaZe Clan, com 27, serão as duas representantes da região nas finais mundiais, que serão realizadas em Tokoname, no Japão, nos dias 9 e 10 de novembro. Com 26, a line-up da Team oNe bateu na trave e por pouco não conseguiu um lugar na próxima fase, e logo atrás ficou a Team Liquid, com 24. Black Dragons, 18, e INTZ, 13, estão garantidas na próxima edição do torneio. Já MiBR, com 11, e Elevate, com apenas 4, terão de enfrentar as duas melhores equipes da Challenger League para ficarem na elite.

Confira o resumo das partidas desta quarta-feira (16):

BD 7×4 Elevate

O primeiro duelo do dia envolveu duas equipes que já estavam com suas situações praticamente definidas. Contra a Elevate, a Black Dragons buscou a vitória por 7 a 4 no mapa Casa de Campo para garantir a quinta posição da tabela. A adversária já não tinha mais chances de sair da lanterna e agora volta às atenções para a disputa da repescagem.

Para Gleidson “GdNN1”, a BD deverá utilizar os pontos negativos da temporada para voltar mais forte: “As trocas de jogadores dificultaram a sequência do trabalho neste ano, principalmente na questão da comunicação. Além disso, é importante que consigamos variar mais táticas para surpreendermos os oponentes”.

 

INTZ 4×7 Team Liquid

O INTZ precisava de ao menos um empate contra a Team Liquid para evitar qualquer risco de terminar na zona de repescagem. No mapa Litoral, a equipe até começou bem e abriu 3 a 1 no placar, porém viu a Cavalaria dominar todas as ações a partir do sétimo round e fechar a partida em 7 a 4. Os Intrépidos precisaram aguardar o resultado de Team oNe x MiBR para saber se estavam garantidos na próxima edição da Pro League.

Luccas “Paluh”, da Team Liquid, aproveitou a oportunidade para fazer uma análise sobre o mapa que foi palco do jogo: “Litoral não permite que os jogadores fiquem em uma posição fixa, e isso dificulta para quem está na defesa. É preciso dominar as regiões certas do mapa”.

 

Team oNe 7×5 MiBR

O mapa Banco é um dos que mais impõe dificuldades para as equipes que estão no ataque. E o MiBR, que poderia se livrar da repescagem com uma vitória na última rodada, deixou escapar rodadas na defesa que foram cruciais para determinar o triunfo da rival Team oNe, por 7 a 5. Dessa forma, os Golden Boys encerram essa temporada de retorno à Pro League em uma honrosa terceira colocação.

Um dos destaques do clube, Luca “Lukid” fez um balanço dessa primeira experiência da line-up na elite do R6: “Nossa trajetória foi muito boa. Começamos mal, mas conseguimos corrigir os erros pouco a pouco para aperfeiçoarmos nossas táticas. Deixamos a desejar no confronto contra a Black Dragons, e ali perdemos a chance de lutar até o fim por uma vaga nas finais mundiais, mas no geral fizemos um bom torneio”.

 

NiP 7×2 FaZe Clan

O embate que fechou esta edição da Pro League LATAM decidiu também quem terminaria em primeiro lugar na tabela de classificação. E a Ninjas in Pyjamas, que liderou boa parte do campeonato, não deu chances para a FaZe Clan. Com forte jogo coletivo e um desempenho irretocável de Murilo “Muzi”, a NiP conquistou mais três pontos ao vencer por 7 a 2, no mapa Litoral.

Destaque do jogo e da temporada, “Muzi” projetou a participação dos Ninjas nas finais mundiais: “Vamos tentar mudar um pouco a forma de jogar, para dificultar análises dos adversários que estarão na próxima fase, mas o objetivo principal é manter o alto nível que alcançamos nessa temporada da Pro League. Vamos confiantes para os próximos desafios”.

VOCÊ TAMBÉM PODE CURTIR