Ninjas in Pyjamas surpreende e vence FaZe Clan no Brasileirão Rainbow Six 2019

Com a derrota, a vice-líder ainda não garantiu a classificação para os playoffs; Na outra partida, Liquid bate paiN Gaming e abre vantagem na ponta da tabela.

A abertura da décima segunda rodada contou com disputas equilibradas e belas atuações das equipes. Neste domingo (12) de dia das mães, a Ninjas in Pyjamas surpreendeu e derrotou a segunda colocada, FaZe Clan, por 1 a 0. Melhor para a Team Liquid, que manteve o topo da tabela e se distanciou da rival ao derrotar a paiN Gaming por 2 a 0.

Com a vitória, os Cavalos estão com 25 pontos, quatro a frente da FaZe. A NiP está na terceira posição com 16, mas ainda pode ser ultrapassada pelo INTZ no complemento da rodada. Com a derrota, a paiN está na penúltima colocação com sete pontos, quatro na frente da lanterna, ReD DevilS.

O Brasileirão Rainbow Six 2019 faz uma pausa para a disputa das finais mundiais da Pro League, que ocorrem no próximo fim de semana. FaZe Clan e Immortals representarão o Brasil e tentarão trazer mais um título mundial para o país.  Os jogos serão transmitidos ao vivo pelo Sportv.com e nos canais oficiais do Rainbow Six Esports Brasil na Twitch e no YouTube.

NiP estraga os planos de classificação antecipada da adversária – Ninjas in Pyjamas 1 x 0 FaZe Clan

A missão da FaZe Clan, formada por Astro444, YooNah, ion, mav e cameram4n, era vencer, ou ao menos empatar, para se garantir nos playoffs do BR6. Mas a Ninjas in Pyjamas, escalada com Psycho, pino, JULIO, kamikaze e muuzi, surpreendeu e adiou a classificação da adversária, ao vencer o confronto por 1 a 0.

O primeiro mapa da noite foi Consulado, escolha dos Ninjas. Na defesa, a equipe começou entrosada, e mesmo com um bom jogo coletivo da sua adversária, marcou 4 a 2 no placar. Já o time de Astro444, após a virada de lado, esboçou uma reação, mas não foi capaz de reverter o resultado. Melhor para a NiP, que venceu por 7 a 4.

No mapa Fronteira, a FaZe Clan começou bem, ao defender o objetivo com sucesso por dois rounds. Porém, os Ninjas mantiveram o bom desempenho da noite e deixaram a primeira metade empatada em 3 a 3. Após virar os lados, a equipe de JULIO manteve o alto ritmo, porém, não conseguiu os três pontos ao ver a sua adversária se recuperar e empatar o placar em 6 a 6.

João “kamikaze” Gomes falou sobre o seu novo posicionamento no time: “Assim como na semana passada, testamos algumas coisas novas. Hoje, por exemplo, mudei a minha função para suporte, na defesa. Com isso, o pino pode jogar de forma mais agressiva. Isso tem dado uma diferença tática muito grande, e estamos melhores”.

O analista da FaZe Clan, Marlon “Twister” Mello, explicou o mau desempenho do clube na partida: “Hoje, o rendimento foi muito abaixo do esperado. Como todos puderam ver, não conseguimos encaixar o nosso jogo. Para não dar material aos nossos adversários da Pro League, em Milão, tivemos que sair da nossa zona de conforto. E isso resultou na derrota por 1 a 0”.

Cada vez mais líder – paiN Gaming 0 x 2 Team Liquid

Em um duelo muito equilibrado, a Team Liquid, composta por NESKWGA, SILENCE, Paluh, S3xyCake e PSK1, encontrou dificuldades, mas conseguiu garantir os três pontos ao vencer a paiN Gaming, escalada com gCR, norden, fk1LL, SpwNS e Revo1tz, por 2 a 0.

No mapa Oregon, escolha da paiN Gaming, a disputa foi acirrada. A Team Liquid saiu atrás do placar, mas logo virou para 2 a 1 com uma bela jogada de NESKWGA, que eliminou quatro adversários. A partir disso, os Cavalos foram alternando vitórias e derrotas nas rodadas até o placar marcar 5 a 5. Com um bom desempenho de PSK1 no décimo primeiro round, e um boa estratégia no último, a equipe conseguiu vencer por 7 a 5.

Assim como em Oregon, as equipes foram trocando vitórias nas rodadas durante a disputa do segundo mapa, Banco, e estavam empatadas em 4 a 4. Após isso, a Liquid conseguiu manter a sua defesa sólida, contou com uma linda jogada de PSK1 – que venceu um clutch contra quatro jogadores da paiN – e derrotou a sua adversária por 7 a 4.

Gabriel “fk1LL” Bailer falou como a equipe deve utilizar a pausa do BR6: “Estamos vindo de uma sequência de derrotas, e não é o que queremos. No momento em que há derrota, o time não está bem. Essa pausa será boa para nós. Vamos nos estruturar novamente e colocar a cabeça no lugar”.

Já Paulo “PSK1” Augusto explicou o bom desempenho da Liquid, apesar de encontrar falhas: “Fomos bem, jogamos mais soltos, mas ainda tivemos erros. Agora, vamos treinar para evitar falhas em rodadas decisivas, focar no novo jogador que entrará na line-up e praticar bastante para vencermos a ReD DevilS e classificarmos para a final”.

Ele também descreveu a jogada em que abateu quatro oponentes e encaminhou o triunfo por 2 a 0 da Liquid: “Eu estava bem calmo no clutch. Sabia a posição de todos os adversários porque os meus companheiros me passaram muita informação. Tentei evitar correr para não fazer barulho e morrer. Mas também contei com uma ajuda, já que dois jogadores deles deram a cara para mim, o que facilitou para tudo correr bem”.

“Fala, MVP!” e recado sobre o ranking de top fragger

Os destaques da vigésima terceira semana de disputas do Brasileirão Rainbow Six 2019 foram JULIO, da Ninjas in Pyjamas, e NESKWGA, da Team Liquid. Os dois atletas demonstraram alto nível em suas partidas, o que rendeu o prêmio de MVP Lenovo.

Julio “JULIO” Giacomelli comentou sobre a evolução na sua atuação: “Meu desempenho melhorou por conta do nosso estilo de jogo. Eu estou atuando mais solto, assim como o meu time. Meu estilo é mais na inteligência, parado, e consigo pegar as kills enquanto os adversários rotacionam. Já a minha equipe é mais agressiva, pegando as primeiras eliminações. Dessa forma, conseguimos impor melhor a nossa estratégia”.

Já André “NESKWGA” Oliveira ressaltou a importância dos seus companheiros na sua performance: “Eu consegui encaixar o meu jogo. O time me deixou com mais liberdade, e contribuiu sempre de alguma forma. Estamos com uma atuação diferente, baseada em nos ajudarmos mais. Acho que isso fará o nosso desempenho fluir mais para a gameplay de cada um”.

NESK disputa o título de top fragger do BR6 com Paluh, seu companheiro de equipe, e Novys, da Immortals. Perguntado se, após a bela atuação contra a paiN, entraria na disputa, ele deixou um recado: “Vou ajudar o Paluh. Esse ano eu quero auxiliá-lo para conquistar tudo o que ele merece”.

Brasil em Milão

Ainda que não tenham jogos do BR6 na próxima semana, os fãs podem ficar despreocupados. Isso porque ocorrerá, em Milão, as finais mundiais da nona temporada da Pro League. Nos dias 18 e 19 de maio, FaZe Clan e Immortals terão a missão de resgatar o título mundial do torneio para o Brasil.

Em maio do ano passado, a Team Liquid ficou no lugar mais alto do pódio após bater os europeus da PENTA Sports. Já em novembro, a G2 levou mais um troféu, em uma final contra a FaZe. As duas representantes contam com o apoio de uma legião de fãs brasileiros para colocarem o país na posição de protagonista mais uma vez.

Apesar da derrota nesta semana, Marlon “Twister” Mello, analista da FaZe Clan, deu um recado para a torcida: “Nunca tivemos tanto sangue no olho como agora. Buscamos ser campeões desde sempre. Apesar de estarmos em todos os torneios internacionais, ainda não tivemos esse gostinho. Estamos focados, no preparo do nosso jogo e vamos atrás do título”.

Volney Tolentino

Jovem dinâmico, que detém o poder central dos Cebolas Verdes; Um clã no interior (sigilo) da imensa África Subsaariana. Sua missão é fazer o bem como designer, crítico de cinema, professor de inglês e amante esportivo.

Estamos ao vivo!
CURRENTLY OFFLINE