Maior torneio mundial de LOL x1 aos amadores chega à decisão brasileira

Com a presença de YoDa e casters da Riot Games, Red Bull Solo Q reúne grandes competidores neste sábado (20) em busca do troféu

Última atualização:

‘Rival’ de YoDa, xará de brTT, primeiro finalista nordestino e top laner ‘raiz’. Após seis qualificatórias, playoffs e mais de 2 mil inscritos, o maior torneio de LOL x1 aos amadores chega à decisão brasileira com a promessa de uma edição histórica. Neste sábado (20), nos estúdios da Riot Games, o paraibano João ‘Biologia Show’ Gomes, o carioca Eduardo ‘Tadalol’ Uemura, o catarinense Luigi ‘Cavalo humano’ Conte e o paulista Felipe ‘BF’ Gonçalves se conectam ao servidor nacional em busca do troféu do Red Bull Solo Q.

Com transmissão ao vivo pela Twitch (https://www.twitch.tv/redbullpt) e TikTok (https://www.tiktok.com/@redbullbr) a partir das 13h (horário de Brasília), o Red Bull Solo Q contará com a presença dos casters Schaeppi, Takeshi, Ravena e Rafa, de YoDa e de convidados ilustres no comando da oitava edição do evento. Além disso, a história dos finalistas tende a empolgar os fãs de League of Legends. Confira, abaixo, quem são esses amadores.

Felipe ‘BF’ Gonçalves

Campeão nas edições de 2018 e 2020, o jovem de 23 anos pode se tornar o maior vencedor do torneio. Com dois títulos, ele está empatado com Lucas ‘Gregio’ Vernier. Xará de seu ídolo, o brTT, BF também atua como atirador e sonha em obter sucesso como o pro-player.

“Estou bastante ansioso para a final. Ela tem um gostinho diferente, pois, caso vença, me torno o jogador com mais títulos da competição. Estou com muita vontade de ganhar, porém, sei que vai ser difícil. Todos são jogadores fortíssimos, logo, vocês podem esperar jogos bem pegados”, afirma BF.

Luigi ‘Cavalo Humano’ Conte

Aos 23 anos, o estudante de Direito já participou das três primeiras edições do evento e travou diversos duelos contra Kami e YoDa. Aliás, o jovem está ansioso para reencontrar Felipe Noronha, com quem rivaliza até hoje nas gameplays.

A decisão

Por meio de sorteio, os quatro finalistas do Red Bull Solo Q serão divididos nas duas semifinais, cujos embates vão ocorrer em MD5 (melhor de cinco jogos). Os dois melhores garantem vaga à final, que será disputada em MD7 (melhor de sete jogos). O grande campeão irá faturar o título brasileiro de melhor amador de LOL x1, troféu personalizado e outras premiações especiais.

O modo de jogo do Red Bull Solo Q é o x1, com blind pick. Vence aquele que derrotar os adversários por first blood, creep (minion) score de 100 ou ao destruir a torre do adversário. Em 2021, o Red Bull Solo Q conta com a parceria da Riot Games, Adidas, Aorus e apoio da AOC e Steelseries.

DESCASCANDO AO VIVO!
CURRENTLY OFFLINE