O “Som e a Sílaba” terá três apresentações no Festival Teatro Vivo

Espetáculo conta com sessão acessível, de tradução em libras, neste domingo, 22 de julho.

O espetáculo O Som e a Sílaba, com Alessandra Maestrini e Mirna Rubim é o destaque deste final de semana no Festival Teatro Vivo. As apresentações acontecem nos dias 20 (às 20h), 21 (às 21h) e 22 (às 18h). Esta última, de domingo, terá tradução em libras. Com texto e direção de Miguel Falabella, o espetáculo conta a história de Sarah Leighton, uma jovem com diagnóstico de autismo altamente funcional, uma savant, com habilidades específicas em algumas áreas, entre elas a música, e sua relação com Leonor Delise , sua professora de canto. A música vai unir essas duas mulheres e esse encontro mudará a vida de ambas.

Recheado com árias, duetos e trechos de óperas, O Som e a Sílaba celebra o mistério da mente humana, num texto terno, engraçado e comovente. Sarah busca alguém que lhe ajude a dar algum sentido a sua vida. Com a morte dos pais, ela mora com o irmão casado, mas sente que não se encaixa na organização da casa, tem consciência de suas limitações nas relações pessoais e sabe que precisa romper as barreiras da síndrome para se ajustar ao mundo lá fora. Em sua busca por uma autonomia, ela lista suas habilidades, entre elas cantar.

DESCASCANDO AO VIVO!
CURRENTLY OFFLINE