Containment – S01E02

O segundo episódio começa mostrando a primeira noite do isolamento e como já era previsto, muitos dos cidadãos da cidade entram em pânico, enquanto outros insistem em querer quebrar o cordão de isolamento e voltar para suas casas e entes queridos.

De modo que, a polícia passou a desempenhar um papel importantíssimo na historia, mantendo as pessoas de afastadas da cerca elétrica que foi erguida, inicialmente, e explicando a elas que seriam apenas 48 horas de isolamento.

O Major Lex nesse sentido foi a principal figura, atuando do lado de fora do cordão de isolamento se destacou pela maneira com que conduzia a revolta das pessoas. Além disso, ele que já havia concordado em ser o ‘porta-voz’ do governo passou a ter acesso a informações sobre o que as autoridades de cargos mais altos estavam decidindo a respeito do futuro da cidade e do vírus, e também sobre o que eles sabiam sobre o que estava ocorrendo dentro do cordão.

As 14 crianças e Katie (sua professora) ainda permanecem dentro do hospital esperando o isolamento terminar, bem como o policial Jake, o qual foi o responsável por levar o paciente zero e sua família para o hospital, e por isso foi aconselhado a permanecer dentro do hospital.

A professora Katie e Jake tem seus momentos de futuro romance e dá para perceber que ambos têm histórias de vida conturbadas. Além disso, durante o episódio foi possível conhecer um pouco melhor os outros personagens e suas realidades.

Uma notícia de que uma menina namorava um dos doentes da família do paciente zero e ninguém casou um pequeno pânico nos policias e representantes do governo, já que não sabiam se ela estava dentro ou fora do cordão.

Felizmente, após o uso de muita tecnologia descobriu-se que a menina ainda estava dentro do isolamento.

Jake, que é muito amigo do Major Lex, teve um papel fundamental agindo dentro do cordão depois de ter sido voluntariado por Lex para buscar a menina e leva-la ao hospital. Sendo que, o policial achou esta menina quase morta em uma casa com um grupo de amigos. Então, todos estes jovens foram levados ao hospital, com o risco de estarem contaminados.

Assim, que a história toma um rumo drástico, pois não foi possível rastrear todos os jovens da festa para saber com quem eles entraram em contato ou aonde foram. Logo, decidiu-se que o isolamento duraria até que o vírus morre-se. Então, as crianças são autorizadas a deixar o hospital, visto que, a quarentena do mesmo terminou, já que mesmo as pessoas saudáveis não seriam retiradas da cidade até o vírus morrer, ou todas elas.

De modo que, o isolamento que antes era feito apenas por cercas elétricas agora conta com muitos (muitos mesmo)  contêineres, isolando as pessoas. Bom, considerando o caos que deve se estabelecer, nos próximo episódio, provavelmente, a cidade vai estar parecendo com The Walking Dead.

Camilla

Brasileira. 16 anos . Geminiana . Estudante. Adora assistir séries e ler livros.

Estamos ao vivo!
CURRENTLY OFFLINE