Comunidade da música lança a iniciativa #LoveRecordStores para ajudar lojas de discos independentes

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Campanha reconhece o momento de crise global e busca mobilizar artistas e clientes a ajudar a manter suas lojas de discos favoritas.

A comunidade da música está lançando uma iniciativa global nesta quinta-feira (26 de março), para ajudar lojas de discos independentes durante a atual crise do coronavírus (COVID-19).

Com muitas dessas lojas passando por uma queda catastrófica nas vendas ou já fechando as portas, há temores de que algumas possam não sobreviver se algo não for feito com urgência para estimular as vendas.

Com isso em mente, muitas empresas de música já se comprometeram a apoiar essa nova campanha, chamada #LoveRecordStores.

As empresas estão coordenando ideias, recursos e mobilizando os artistas que representam para gravar mensagens de apoio às lojas de discos que podem ser usadas em todas as formas de mídia social.

Os músicos, artistas, atores e fãs de música de todo o mundo estão sendo solicitados a filmar pequenos clipes de si mesmos falando, por exemplo: o que as lojas independentes de discos significam para eles, onde está sua loja favorita, quais discos e artistas essas lojas ajudaram eles a descobrir e, o mais importante, incentivam seus fãs a continuar comprando on-line com suas lojas favoritas sempre que possível.

Todos os amantes da música são convidados a participar. Tudo o que eles precisam fazer é compartilhar uma postagem no Instagram ou no Twitter usando a hashtag #LoveRecordStores e dizer o que as lojas de discos independentes significaram para elas.

Jason Rackham, diretor administrativo da [PIAS], que lidera a iniciativa #LoveRecordStores, disse: “As lojas de discos independentes desempenham um papel fundamental no apoio e no desenvolvimento de artistas e suas músicas há décadas, então agora é hora de as empresas de música e os artistas que elas representam dar um passo adiante e devolver algo. Precisamos apoiar essas pequenas empresas para sobreviver a essa crise e, ao mesmo tempo, ainda podemos ter um papel importante em ajudá-las a continuar apresentando seus clientes às novas músicas. Ao falar diretamente com o público sobre a importância das lojas de discos e incentivar os fãs de música a continuar comprando com eles on-line, os artistas podem ter um papel importante ajudando a garantir a sobrevivência dessa parte vital de nossa indústria.”

O fundador e presidente do Grupo Beggars, Martin Mills, disse: “Comecei a vida em uma loja de discos. As lojas de discos são incubadoras de boa música e para músicos. Nestes tempos incríveis, eles ainda podem servir o que você precisa. Por isso, visite-os online, apadrinhe-os, apoie-os e ajude-os a sobreviver. Precisamos deles do outro lado.”

Laura Kennedy, co-proprietária da Piccadilly Records em Manchester (Reino Unido), disse: “A Piccadilly Records existe desde o final da década de 1970 e, ao longo dos anos, enfrentamos muitos desafios, mas nada na escala do que enfrentamos no momento. É com o coração pesado, portanto, que fechamos nossas portas neste fim de semana e será difícil. Nosso site e departamento de pedidos por correio continuarão normalmente enquanto a loja estiver fechada. Todos temos tempos difíceis pela frente, mas se todos permanecermos juntos, tenho certeza de que conseguiremos superar. Seja gentil um com o outro e mantenha-se saudável.”

Paul Weller disse: “Eu estaria perdido sem minhas lojas de discos favoritas; Rough Trade, Soul Jazz, Johns e todos os outros independentes. Vamos manter todos eles funcionando nesse momento muito estranho. A música eleva nossos espíritos e acalma nossas almas. Amor a todos.”

VOCÊ TAMBÉM PODE CURTIR