Comédia romântica protagonizada por Cleo participa da Mostra São Paulo

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

“O amor dá voltas” tem direção e roteiro de Marcos Bernstein.

O longa “O amor dá voltas”, terceira direção do consagrado roteirista Marcos Bernstein após os premiados “O Outro Lado da Rua” e “Meu Pé de Laranja Lima”, faz sua estreia nacional na Mostra São Paulo na próxima sexta, 18 de outubro. A sessão, que acontece no Espaço Itaú de Cinema – Augusta às 21h30, terá a presença do diretor e da atriz Cleo, e será seguida de debate.

Cleo, Igor Angelkorte e Juliana Didone vivem os protagonistas dos encontros e desencontros amorosos da história.  Igor é André, um jovem médico que, ao retornar ao Brasil, após mais de um ano cuidando de doentes na África, descobre que havia trocado cartas de amor não com sua namorada de longa data, Beta (Juliana Didone), mas com a irmã da moça, Dani (Cleo). Mas, enquanto tentam por às claras o mal entendido, acabam encontrando novos caminhos para suas vidas.

“O filme usa de sua leveza romântica para falar também de uma geração que busca conciliar compromissos sentimentais com buscas pessoais, que mesmo quando dá valor a relações amorosas, não abre mão de achar seu lugar no mundo. Agora é ver se as pessoas embarcam nessa proposta com a gente, e não tinha melhor lugar que a Mostra SP pra começar esse caminho”, comemora Bernstein.

Com produção da Pontos de Fuga e Neanderthal MB e coprodução Globo Filmes, “O amor dá voltas” terá lançamento em 2020 pela Imagem Filmes.

VOCÊ TAMBÉM PODE CURTIR