Chris Pratt fala mais sobre James Gunn em GdG VOL. 3: “Não é um momento fácil”

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Já se passaram semanas desde que James Gunn foi demitido pela Disney, mas as consequências ainda estão sendo sentidas e ouvimos relatos conflitantes sobre se ele ou não, em última análise, irá dirigir “Guardiões da Galáxia Vol. 3“. O presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, está lutando contra todo o elenco da trilogia que falou em sua defesa como parte de uma carta aberta; declarando seu apoio ao amigo.

Agora, Chris Pratt falou mais sobre isso e como ele está se sentindo agora. “Não é um momento fácil”, ele explicou em entrevista recente à AP. “Todos nós amamos James e ele é um bom amigo nosso, mas também adoramos fazer os Guardiões da Galáxia. É uma situação complicada para todos. E você sabe, só queremos seguir em frente e fazer o que é certo e ser o melhor para as pessoas.”

Para mim, parece que Pratt retornará ao papel de Senhor das Estrelas, aconteça o que acontecer. Questionado sobre como foi saber que Gunn foi demitido no dia anterior à sua aparição na Comic-Con em julho, o ator deixou claro que não foi exatamente fácil.

“Eu adoro ir para a Comic-Con, mas acabei não fazendo muitas entrevistas naquela época porque era tão chocante”, acrescentou Pratt. “Tudo o que sei é que dedicamos muito tempo, pensamos e nos esforçamos na declaração que divulgamos sobre isso. E acho que todos nós queremos que essa afirmação seja essencialmente o que temos a dizer sobre isso. E nós éramos muito claros; e honesto sobre como nos sentimos. “

O que vocês acham dessas observações? Não deixe de nos informar seus pensamentos no lugar habitual.

VOCÊ TAMBÉM PODE CURTIR