A estrela Evangeline Lilly, de “Homem-Formiga e a Vespa”, queria mais romance no filme da Marvel

A estrela Evangeline Lilly provou que não tem medo de criticar o modo como suas personagens são manipuladas e manifestou seu descontentamento por estar envolvida em triângulos amorosos em “Lost” e nos filmes “Hobbit”.

Mas como parte de uma entrevista para promover o lançamento de “Homem-Formiga e a Vespa” no Reino Unido, a atriz Lilly revelou que ela realmente pediu para aumentar a quantidade de romance no filme:

“Você pode se surpreender ao descobrir que, no mínimo, nestes filmes, eu aumentei o romance um pouquinho – apenas um pouquinho”, disse Lilly antes de expressar sua apreciação por Reed e os produtores por seguirem outro rumo. “Porque estava lá o tempo todo, mas os executivos da Marvel e Peyton eram tão legais – e Paul, que também acho – sobre não quererem que isso tudo fosse o que ela almejava, e querer que ela tivesse essa incrível carreira, essa incrível motivação, e para a história de amor ser absolutamente convincente no filme, o que eu amo, e eu acho que é apropriado”.

No entanto, Lilly ainda queria ver mais da relação entre Scott Lang e Hope Van Dyne, porque os dois heróis “são tão adoráveis juntos”, e o público quer “ver a fluido dessa química”.

A atriz então revelou que seus esforços levaram a uma alteração: “Então, em ‘Homem-Formiga e a Vespa’, fui eu quem acrescentou o alerta – spoiler – beijo. Não havia nenhum no roteiro.”

Embora esse momento não altere completamente a história do filme, é surpreendente que ele não tenha sido incluído no roteiro, especialmente porque já vimos a dupla beijando no primeiro Homem-Formiga e o efeito da ação de Scott em seu filme; o relacionamento era um ponto de trama bastante significativo.

Volney Tolentino

Jovem dinâmico, que detém o poder central dos Cebolas Verdes; Um clã no interior (sigilo) da imensa África Subsaariana. Sua missão é fazer o bem como designer, crítico de cinema, professor de inglês e amante esportivo.

Estamos ao vivo!
CURRENTLY OFFLINE