Últimos dias “Expo Gravuras 04” na Homegrown

Mostra é composta por artistas mulheres de destaque na arte urbana.

A mostra Expo Gravuras 04, que está em cartaz na Homegrown Galeria Ipanema, vai até dia 5 de novembro, apresentando trabalhos inéditos da cena urbana contemporânea. As artistas Ananda Nahu, Carla Barth, Criola, Julia Furuyama, Talita Hoffmann, Fefe Talavera, Marianna Cersosimo e a escritora Paula Gicovate participam do coletivo, apresentando técnicas e estilos diversos, mas com o mesmo objetivo: tornar a arte mais acessível ao público.

“O conceito dessa exposição é apresentar um grupo seleto de artistas formado apenas por mulheres que hoje são destaques no cenário da arte urbana e contemporânea brasileira. Um universo ainda dominado por homens, mas que possuiu uma infinidade de talentos femininos com identidades marcantes. Através de suas vivências pessoais e suas técnicas diversificadas, elas evidenciam a pluralidade, força e poder de encantamento que a arte possui. Representar todas elas através dessa exposição e proporcionar suas obras de forma acessível para o nosso público é motivo de extremo orgulho, alegria e importância para nós”, destaca Marco André Tosatth, sócio da Homegrown ao lado de Paulo Bill Tassinari e PH Rodrigues.

“Acho que houve um amadurecimento no nosso olhar sobre os artistas, uma necessidade de buscar novos horizontes estéticos, novas linguagens. Esse maior envolvimento e aprofundamento refletiu na curadoria da 04. O conteúdo poético e estético foi algo que nos chamou a atenção no trabalho das convidadas, os estilos são diferentes e contrastantes, mas também conversam, interagem e incrivelmente, se complementam”, explica PH Rodrigues.

As artistas vieram de diversas regiões do país. A grafiteira mineira Criola é uma ativista negra representante da nova cena brasileira de street art. Ao grafitar mulheres esteticamente fiéis à sua raiz africana ela ressalta a importância da identidade da mulher negra brasileira, livre de influências estéticas europeizadas da mídia e do cotidiano. Já a baiana Ananda Nahu se consolidou como referência na técnica de stencil e pintura e se mantém presente no mercado internacional desde 2006, possuindo diversos colecionadores pelo mundo.

A gaúcha Carla Barth se inspira na natureza e nas diversas influências do folclore, mitologia, arte naife, clássica e oriental. Enquanto Talita Hoffmann, nascida em Porto Alegre, desenvolve suas obras inspirada na música, natureza e vida cotidiana. Já a paulista Fefe Talavera é conhecida por trazer influências familiares da cultura mexicana, criando monstros e figuras místicas derivados das culturas maia e asteca. E as inspirações da paulista Julia Furuyama são suas as experiências pessoais quando morou no Alasca.

A artista Mari Cersosimo fez em parceria com a escritora Paula Gicovate uma gravura para a exposição. Mari já fez parte de três antologias publicadas, exposições coletivas e diversos projetos com viés artístico, tanto para marcas quanto empresas nacionais e internacionais. Já Paula é uma das criadoras do programa “Só Garotas”, do Multishow, e escreve livros e roteiros.

Volney Tolentino

Designer Gráfico, Editor, Técnico de Mecânica Industrial, Nerd, Geek, Hipster Incubado, Fundador da Wing_Storm Entertainment, Protestante, Torcedor do New England Patriots, Los Angeles Lakers e Clube de Regatas do Flamengo e Dono na Thyskens Productions.

Estamos ao vivo!
CURRENTLY OFFLINE